Palmela recupera tradição secular, renovando-se

Palmela recupera tradição secular, renovando-se
Queijaria Simões

Conhecida pela muita diversidade na  oferta gastronómica contribuindo deste modo para a dinamização da economia e a valorização do território, “Palmela lança o mais recente queijo curado em folha de castanheiro”.

 Produzido pela queijaria Simões, este produto de elevada qualidade tem registado grande procura, “contribuindo para afirmação dos recursos endógenos e o desenvolvimento económico local”.

Esta inovação que contribui também para a valorização turística local tem, ainda, “um factor diferenciador subjacente”, que de imediato daremos a conhecer, diz a nota de imprensa


A Queijaria Simões é o mais recente parceiro de Lisboa Romana | Felicitas Iulia Olisipo, projecto desenvolvido pelos municípios da Área Metropolitana de Lisboa, com o objectivo de promover, valorizar e divulgar o património arqueológico, incindidndo especialmente na época romana.

Sabia que o queijo, por ser um alimento bastante nutritivo, esteve sempre presente nas principais refeições dos romanos?

No livro de cozinha do gastrónomo Apício (25 a.C. - 37 d.C.) existem diversas referências a este lacticínio, demonstrando que o queijo foi uma iguaria muito apreciada pelos romanos.”, e assim a gastronomia romana chega até nós.


Este produto junta-se a outros já existentes, lançados por parceiros da Rede Metropolitana, nomeadamente o vinho da Quinta de S. Sebastião (Município de Arruda dos Vinhos), a conserva de sardinha (Município de Sesimbra) e o Mel (Município de Loures).

RIU Hotels & Resorts

#EstamosON

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade