2022 ano do reencontro na Cidade do ROCK

2022 ano do reencontro na Cidade do ROCK
Afonso Batista

Rock in Rio o evento mais esperado pelos portugueses volta em 2022 com novidades e mais sustentável  


Foi anunciado o regresso do festival muito acarinhado e esperado por muitos portugueses para Junho de 2022, prova disso é que de acordo com estudos de mercado realizados pela organização do festival, o Rock in Rio era o evento número um na lista de espera dos portugueses, ficando mesmo à frente do Campeonato Europeu de Futebol realizado em 2020.
Foram vendidos 200 mil bilhetes de entrada no evento numa uma hora e 28 minutos e havia ainda 800 mil pessoas na fila de espera para adquirirem os seus.

 A organização do evento mostrou e tem vindo a mostrar uma preocupação acrescida com a sustentabilidade do mesmo, ficando esse ponto provado, ao serem o primeiro festival neutro em carbono e na sua última edição, com o uso de copos reutilizáveis e colecionáveis terem poupado três toneladas de plástico.

A organização partilhou ainda algumas das suas metas até 2030 no que toca à sustentabilidade e preocupação com o meio ambiente, sendo algumas delas “Ser lixo 0 em todas as edições”, algo que já foi conseguido em Lisboa, com 100% de resíduos reciclados/valorizados, sendo que esta meta ainda não foi atingida nas edições do Brasil.

Outra das metas é “Ter Zero Desperdício Alimentar em todas as edições”, sendo que na última edição foram doadas 50.000 refeições, 568 toneladas de lixo orgânico que se transformou em fertilizante e nove toneladas de óleo reciclado. 
Dentro do espaço do festival haverá ainda um espaço “Chef’s garden”, direccionado para a alimentação saudável, com refeições saudáveis. A sua parceria com a Galp também mostrou interesse e soluções à volta deste tema, sendo que a Galp irá disponibilizar bicicletas eléctricas espalhadas em vários pontos da cidade para quem se quiser assim deslocar para o evento, bem como postos de carregamento eléctrico para as mesmas, dentro e fora do recinto do Rock in Rio. 

No Galp Music Valley, voltaremos a sonhar com o futuro, não utópico e longínquo ou apocalíptico e irreal, escapismo frequentemente usado, mas sim aquele que está ao virar da esquina e que muitos ainda acreditam que só estão nos filmes de ficção científica" afirma Roberta Medina que continua "mostraremos que se actuarmos juntos seremos capazes de conquistar um futuro partilhável, saudável e harmónico, regenerando não só o planeta, mas acima de tudo cada um de nós e a sociedade como um todo, somos determinados e acreditamos na nossa capacidade de mudar e melhorar sempre, por nós, pelas nossas famílias", e continunado referee "pelas gerações futuras, que algures no futuro próximo se orgulharão do que fizemos bem, mas para que isso aconteça precisamos de sonhar juntos, precisamos da energia de todos, precisamos de nos sintonizar numa mesma direcção, numa só voz, num só movimento...” afirma a Vice-Presidente da organização do festival, Roberta Medina, que lembra  "Quanto ao cartaz podemos aguardar novidades e artistas já conhecidos do festival como Liam Gallagher, The National e Foo Fighters no Palco Mundo, a 18 de Junho.

E continua mencionando a programação diária do evento que contará Para dia 19 de Junho podemos contar com Black Eyed Peas, Ellie Goulding, Ivete Sangalo e David Carreira. Dia 25, artistas como Xutos & Pontapés e Duran Duran são também artistas presentes no Palco Mundo. Fechando assim o festival dia 26 de Junho

com Post Malone, Anitta, Jason Derulo e HMB. À parte do palco principal, no “Galp Music Valley”, palco secundário do festival, iremos também poder contar com a presença de Ney Matogrosso, primeiro artista a actuar no Rock in Rio em 1985, bem como os Delfins, Sam the Kid e Mundo S

RIU Hotels & Resorts

#EstamosON

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade