Queer 2020 “El Principe” mais uma longa metragem em competição

Queer 2020 “El Principe” mais uma longa metragem em competição
Divulgção

De Sebastián Muñoz foi exibida na tarde de ontem a longa metragem “El Principe”do grupo de longas em competição


A acção decorre no Chile, em período conturbado pois as eleições estão na rua e Allende está prestes a ganhá-las

Jaime tem 20 anos, e está preso. Entre os homens que integram o grupo da cela onde foi colocado está Ricardo, El Potro. El Potro é um homem mais velho e respeitado, que de imediato o protege.
Jaime entretanto vai revelando o motivo da sua prisão, matou um amigo.

Sebastian Muñoz enquanto desenrola a história de Jaime vai apresentando a vida numa prisão chilena, as emoções, os sentimentos, a guerra permanente e sobretudo a luta pelo poder. Mas Jaime vai aguentando  sempre, com a protecção, de ElToro, revelando uma profunda necessidade de ternura e reconhecimento
pelo ambiente que o rodeia e com a protecção de ElToro Jaime torna-se El Principe, e El Toro vai-lhe dando lições de amor e lealdade.
Atrás das grades, Jaime torna-se El Príncipe e aprenderá sobre o amor e a lealdade com El Potro. A relação entre eles é sólida baseada no respeito e na ternura. Bem precisa num ambiente em que a violência e o ódio são o quotidiano.

A banda sonora foi bem escolhida com temas de ternura mas também de revolução. Ouve-se mesmo Allende a congratular-se pela vitória nas eleições.

Sebastián Muñoz formou-se na Escuela de Cine de la Universidad Arcis, no Chile. Durante a sua carreira trabalhou como designer de produção e director de arte em vários títulos do Novo Cinema Chileno. El Príncipe é a sua primeira longa-metragem.

 
 
 

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade