Município de Ílhavo quer afirmar-se como destino turístico acessível

O Município acolheu, ontem, no CIEMar, em Ílhavo, uma sessão de Trabalho em Rede do Projeto AccessTUR – Centro de Portugal, promovida pela associação Accessible Portugal, a Turismo Centro e a Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA), e que contou com o apoio da Câmara Municipal

.

A realização desta sessão de trabalho no Município de Ílhavo tem  especial importância para a Câmara Municipal uma vez que contempla o impacto social e económico da “acessibilidade e da inclusão na vertente inovadora do turismo”, onde se inclui o projecto “Município de Ílhavo: Destino Turístico Acessível”, financiado pelo Turismo Portugal.

Este projecto tem como objectivo tornar Ílhavo um destino “melhor preparado para receber todas as pessoas, independentemente das suas capacidades funcionais”, conforme salientou, na abertura dos trabalhos, Fátima Teles, Vereadora da Câmara Municipal de Ílhavo com o Pelouro do Turismo e da Inclusão e Cidadania.
Para a autarca, “a Câmara Municipal está muito envolvida e comprometida neste caminho da acessibilidade e inclusão, com o objectivo de tornar o Município de Ílhavo numa referência na vertente turística”.

Após uma análise prévia, “foram selecionados alguns dos principais pontos estratégicos e agregadores para um projecto de turismo acessível para todos: o Museu Marítimo de Ílhavo, o Navio-Museu Santo André e as Praias da Barra e da Costa Nova”.


Assim, com um investimento de cerca de 131.250 euros, o projecto “Município de Ílhavo: Destino Turístico Acessível” irá promover ações de remoção de barreiras de acesso à fruição turística; de desenvolvimento de serviços e ofertas mais inclusivos e acessíveis; de formação de equipas responsáveis pela gestão de recursos, com vista à prestação de um acolhimento de qualidade; e, ainda, de promoção e divulgação da oferta acessível a nível turístico no município.


As soluções a desenvolver, a título de exemplo, combinam “equipamentos a disponibilizar aos visitantes, de utilização geral ou adaptados, com informação em materiais multiformato (escrita simples, imagens com relevo, braille, multilingue, etc.); maquetes de localização dos espaços expositivos; conteúdos, actividades e brinquedos para crianças, com e sem deficiência; equipamentos de ajuda ao banho nas praias; informação clara e acessível nas praias.”


AcessTUR é um projecto de promoção do turismo acessível e socialmente inclusivo, gerido pela Accessible Portugal, com o apoio da Turismo do Centro e das oito Comunidades Intermunicipais que compõem o território, com o objectivo de qualificar a oferta e a procura turística, desmistificar os preconceitos e estereótipos sobre as pessoas com deficiência ou algum tipo de necessidades especiais, e desenvolver potencialidades turísticas da Região centro, sendo especialmente vocacionado para os Municípios e Entidades com forte intervenção na área turística da Região Centro.

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade