Vidigal Wines sugere cinco vinhos para o tempo de Natal

Vidigal Wines sugere cinco vinhos  para o tempo de Natal
Divulgação

Um branco para as coisas de mar, três tintos para o queijo e os pratos da véspera e do dia de Natal, e um licoroso com muitos anos para as sobremesas e para os frutos secos, completam a seleção da empresa para os repastos em família do tempo frio



O enólogo António Ventura selecionou cinco vinhos da Vidigal Wines, para acompanhar o que se come no Natal e Ano Novo de 2020.

O Boa Noite branco, os tintos Reserva dos Amigos, Zavial Pinot Noir e Zavial Syrah e o licoroso Casa do Cónego, são sugestões para todos os momentos à mesa das famílias no tempo frio.

Para Peixe e mariscos o Boa Noite branco é um vinho da região de Lisboa, com uma boca fresca, mineral, com acidez bem integrada e um final longo. Beba-o para alegrar os seus fins de semana do tempo frio na companhia de ameijoas ou conquilhas à Bulhão Pato e outros mariscos, ou de pratos de peixe.

Para o Perú de Natal recheado, pode escolher o aroma do Reserva dos Amigos tinto onde se salientam as notas de fruta madura e silvestre.

Na boca, equilibrada e estruturada, o final macio. É uma boa companhia para queijos de sabor intenso e pratos de carnes brancas. Experimente-o esta Natal na companhia do tradicional peru recheado assado no forno, uma parceria confortável e única.

O Bacalhau da consoada pede um tinto de aroma intenso, onde se destacam notas de amora, cereja, groselha e especiarias. É o Zavial Pinot Noir que mostra, na boca, a frescura e elegância características da casta. Sirva-o, a 18oC no copo, com o bacalhau ou polvo da consoada e o delicioso prato feito com os restos da ceia, a Roupa velha do dia seguinte.

Borrego ou cabrito assado

Para Borrego ou cabrito assado há o aroma intenso e profundo do Zavial Syrah sentem-se sugestões de chocolate negro, cedro, frutos pretos e especiarias da madeira onde estagiou. Na boca salienta-se a fruta madura e as notas de amoras e especiarias. Para companhia experimente uma vitela assada no tacho lentamente, na companhia de arroz de forno e esparregado ou borrego ou cabrito assados, na companhia de arroz de forno e batata assada. Nada como um bom vinho e comida de conforto.


Produzido a partir da casta Fernão Pires, o Casa do Cónego Licoroso mostra um aroma complexo e agradável, e uma boca suave e elegante, com final longo e cheio de sabor. É boa companhia para nozes, amêndoas torradas e outros frutos secos de Natal, e grande parceiro de rabanadas, coscorões e outros sabores da época e coisas de chocolate preto, dos bombons e da mousse aos bolos acabados de fazer.

As sugestões de António Ventura para o Natal de 2020 podem ser seguidas no Linkedin, Facebook ou Instagram da empresa.

RIU Hotels & Resorts

FITUR 2021

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade