Chiado: Leitão & Irmão reabre loja centenária a 01 e Dezembro

Chiado: Leitão & Irmão reabre loja centenária a 01 e Dezembro
Divulgação

Leitão & Irmão escolhe Primeiro de Dezembro para reabrir loja centenária


A Leitão & Irmão, joalharia portuguesa com cerca de 200 anos de história, reabre loja centenária do Chiado, agora com o espaço renovado, a 01 de Dezembro.

 Na “morada cosmopolita” de Lisboa, a Casa Leitão está presente desde 1877 ano da sua abertura na Capital portuguesa.

O dia da sua reabertura coincide com o simbolismo A data da reabertura é marcada pela Restauração da Independência e da inauguração da loja do Estoril/Cascais, em 2016.

Mais um projecto onde a marca subsiste, preparando o seu terceiro século de actividade, não esquecendo que o novo espaço é inaugurado em época de pandemia.

A joalharia tem em exposição Anéis, Colares e Pendentes, Brincos, Pulseiras, Botões de punho, Filigrana, Fios e Correntes e Cruzes, bem como pratas de porte, manufacturadas nas suas oficinas em pleno Bairro Alto, com diversas coleções que vão buscar a inspiração, maioritariamente, “em temas que exibem o que é português”.


Para Jorge Leitão responsável da Leitão & Irmão, “O fio condutor para o desenvolvimento de uma coleção é a alma das peças.  É o que as distingue e as une. Pode ser uma personagem; um grande artista, uma pessoa da moda, uma princesa; ou um sentimento, tantas vezes o amor; a natureza, fonte inesgotável de inspiração ou a materialização dos deuses que animam as mais belas edificações um pouco por todo o mundo. No caso de Leitão & Irmão foi o País que nos alberga. Portugal.”

A actual loja do Largo do Chiado remodelada no ano 2000 pelo artista Pedro Leitão e distinguida como Loja com História, em 2016, integrando o programa da Câmara Municipal de Lisboa que valoriza o comércio local e de proximidade.

No universo da Joalharia e Ourivesaria encontra-se as artes do fogo que dão forma ao ouro e à prata, onde as pedras preciosas brilham aos olhos de quem as recebe. As coleções de joalharia, as baixelas em prata que integram a dita “arte da mesa” a manutenção das peças da marca, a manufatura de encomendas por medida de particulares e empresas continuam a estar disponíveis na loja do Largo do Chiado”, afirma Jorge Leitão que marca este regresso com serviços já praticados pela casa.

Nas principais oficinas da Casa Leitão, construídas em finais do século XIX, no pátio de um pequeno palacete no Bairro Alto, a quarta geração de mestres joalheiros está dedicada à sua obra.
Proudly made in Portugal by Leitao & Irmão” é uma afirmação da Casa Leitão & Irmão, Joalheiros da Coroa que é agora uma referência na Joalharia em Portugal.


Esta joalharia com história começou a sua actividade no Porto nos finais do sec. XVIII, ganhando particular notoriedade com a atribuição por D. Pedro II, Imperador do Brasil e por D. Luis, Rei de Portugal dos Títulos Ourives da Casa Imperial Brasileira e de Joalheiros da Coroa Portuguesa.

RIU Hotels & Resorts

FITUR 2021

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade