Covid-19 obriga ao adiamento da Feira de Artesanato de Guimarães

Covid-19 obriga ao adiamento da Feira de Artesanato de Guimarães
Guimarães

A XXIII edição da Feira de Artesanato de Guimarães, que se iria realizar entre 24 de Julho e 03 de Agosto, no Jardim da Alameda de São Dâmaso, será adiada para 2021. 

Como é do conhecimento geral, as medidas preventivas face à pandemia COVID-19 restringem a organização de eventos que propiciam a concentração de um elevado número de pessoas.  

A Feira de Artesanato de Guimarães é um evento cultural que tem como objectivo a divulgação e preservação das artes e ofícios, bem como privilegiar a proximidade entre artesãos e visitantes, um ponto a salientar em certames desta natureza, não esquecendo que a edição de 2019 ultrapassou os 200 mil visitantes.  

Após ponderadas as várias opções, e não estando reunidas todas as condições que garantem a salvaguarda da saúde e segurança de todos os intervenientes, principal prioridade da Organização, entendemos que esta é a decisão que, apesar de difícil, melhor salvaguarda os interesses da população, dos artesãos(ãs) e de todos(as) aqueles que nos visitam”, lê-se na nota da organização.  

E mais adiante a Organização agradece o apoio  e também aos que se inscreveram nesta edição esperando celebrar o regresso da Feira de Artesanato de Guimarães entre 23 de Julho e 02 de Agosto de 2021.
Até lá, desejamos que continuem com a mesma força e espírito criativo, perpetuando o património cultural associado às artes e ofícios portugueses, herança de inestimável valor que tem atravessado gerações, com tenacidade, ao longo dos séculos.

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade