Eros Porto: “Perversa” mostra sexo de todos os géneros sem “bolinha”

Eros Porto: “Perversa” mostra sexo de todos os géneros sem “bolinha”
Eros Porto

A “Perversa” do Eros Porto irá apresentar o sexo ao vivo, “de todos os géneros, em cenas temáticas e com um, dois ou mais intervenientes”.



Aqui, onde não existe “bolinha”, é transportado para uma outra dimensão, “em que cenas escaldantes e protagonistas deixam de pertencer ao ecrã para se transformarem nas mais reais fantasias”. 

Porque o sexo é parte da nossa vida e deve ser encarado de forma natural, a “Perversa” do Eros Porto mostra-lhe tudo, tal como é, na prática e sem qualquer “bolinha”, entre os dias 05 e 08 de Março, na Exponor.

É como se todos os personagens de um filme para adultos saltassem do ecrã e se mostrassem ali, bem à frente dos seus olhos.

Depois, é só andar entre cenas e escolher aquelas que mais gosta ou, simplesmente, que lhe despertam maior curiosidade.

E porque a inclusão e a diversidade são caraterísticas do Salão Erótico do Porto, na zona dedicada ao hard sex, há mesmo lugar para todos, sem excepção, com a apresentação de espectáculos heterossexuais, bissexuais, lésbicos e gays.

Sozinho, em casal ou com amigos parta à descoberta das cenas mais escaldantes, protagonizadas pelos seus artistas favoritos. Provenientes de vários países, da Europa à América Latina, os protagonistas do Eros Porto mostram-se em palco, ao longo dos quatro dias, em espectáculos temáticos contínuos.

E, se gosta de chegar perto e é daquelas pessoas que não se deixa vencer pela timidez, pode aceitar um dos desafios para ir a palco ou tirar uma fotografia especial com os artistas que já conhece dos filmes, no espaço de photocall.


Este ano, pode até ir ao cinema dentro do próprio Salão Erótico do Porto. O Cinema XXX, um espaço intimista, com capacidade para 30 pessoas, leva à tela cenas das melhores produções nacionais e internacionais com os artistas do evento. Por aqui há sessões contínuas de todos os géneros de filmes. 

Se por acaso tem curiosidade sobre o universo dos casais liberais saiba que o espaço Swinger da “Perversa” do Eros Porto não é exclusivo para quem já se iniciou nesta prática.
Sem qualquer compromisso, pode, juntamente com a sua cara-metade, visitar este espaço, conhecer casais praticantes, conversar e esclarecer dúvidas, nem que seja para alargar o seu conhecimento geral.

Além da sala intimista para convívio e informação, há uma sala principal com espectáculos e jogos, em que pode participar ou simplesmente assistir a actividades como “Conversa Swinger” e “Brinque com Eles”. Para os mais atrevidos, ou para quem já pratica, está disponível um quarto escuro e algumas divisões com camas para desfrutar de todas as fantasias.

Os shows com trios bissexuais é uma das áreas temáticas do Eros Porto que mais desperta e atrai a curiosidade dos visitantes.

Independentemente da orientação sexual de cada um, na área LGBTI impera o respeito e a vontade de compreender a diferença. Para além dos shows gays e lésbicos, destaque nesta edição para as apresentações de trios bissexuais, envolvendo dois actores e uma actriz.  


Destaque para a presença do pole dancer portuense Miguel Brito e de quatro actores com larga trajectória na indústria de filmes para adultos, nomeadamente Viktor Rom, Kevin Lauren, Yah Jil e Santi Noguera que, além de actor, é também, a título de curiosidade, médico de estética. Todos os actores participam em espectáculos explícitos, eróticos e de pole dance e os shows bissexuais têm como protagonistas os actores Santi Noguera, Yah Jil e Agatha Fox. 


Pode ainda inspirar-se nas mais recentes novidades em lingerie masculina, apresentadas ao ritmo de danças sensuais, assistir a momentos divertidos de interação entre o público e artistas ou participar num casting para novos talentos do cinema gay. Mesmo que não queira participar, não vai certamente ficar indiferente às provas que os artistas de serviço vão colocar aos candidatos.

O acesso a esta nova zona do Eros Porto é reservado e implica um custo adicional de €4, pagos à entrada.

No entanto, a permanência no seu interior não tem qualquer limite de tempo, para que possa desfrutar de todos os espectáculos e actividades. Lembre-se apenas que, depois de sair, já não é possível reentrar no espaço. 

Recorde-se que, este ano, o Eros Porto traz um conceito renovado, com a introdução de novidades em conteúdos, espectáculos, disposição e até decoração dos espaços. Há três grandes áreas - Inocente (Erótica), Marota (Slow Sex), Perversa (Hard Sex) - cada uma com uma programação própria, que inclui espectáculos, áreas temáticas, actividades e os melhores artistas nacionais e internacionais.

Silvia Rubi, actriz pornográfica, que luta para melhorar a educação sexual, mudar o cinema adulto e avançar nos direitos dos trabalhadores do sexo, é a convidada especial deste ano.

O Salão Erótico do Porto realiza-se durante quatro dias, de quinta-feira a domingo, de 05 a 08 de Março, entre as 15:00 e as 02:00, excepto no último dia em que encerra pelas 22:00.

As entradas têm o valor de €15 para bilhete individual e de €60 para free pass de quatro dias, podendo ser adquiridas, previamente, através da Ticketline, ou, nos dias do evento, nas bilheteiras na Exponor.

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade