António Marto, presidente do Forum Turismo, falou sobre a Bolsa de Empregabilidade

António Marto, presidente do Forum Turismo, falou sobre a Bolsa de Empregabilidade
OTurismo.pt

A BTL apresentou mais uma vez a, Bolsa de Empregabilidade, da qual era responsável António Marto, presidente do Forum Turismo

.
OTurismo.pt quis saber as razões que levaram aquele dirigente a ter esta iniciativa pelo que colocou a questão directamente a António Marto que de imediato respondeu:

“Ok estávamos em 2016. Na altura já o Forum Turismo indicava as necessidades das empresas para as universidades
Sempre ao nível digital fomos trabalhando com as universidades que eram a fonte. Fomos percebendo que cada vez mais através desses contactos poderíamos ter cada vez mais interessados.
  Surgiu então a idéia de criar um face to face, ou seja quem contrata de frente com quem quer ser contratado.”

Seguiu-se uma pergunta chave, pois como esta é a quarta edição, “qual o feedback dos empresários?”

Isso é uma boa questão”, retorquiu António Marto. “O que estamos hoje a ver aqui corresponde exactamente à realidade que é a resposta dos empresários.
Começámos com 20 empresas em 2016, em 2019 temos 70, em quatro  anos, de 800 empregos passámos para 10000.

Isso é o reflexo da importância deste evento

Eu próprio no inicio duvidei do modelo, mas rapidamente foi validado pelo mercado. Foi alargado a várias áreas e se reparares tudo são áreas ligadas ao Turismo. Esta ano também estendemos ao IFP, o Instituto de Formação Profissional indicando vagas que eles podem comunicar nos portais deles.
Temos crescido sempre em número de empresas porque umas vão dando conhecimento a outras e temos tido um crescimento constante.


Como arranjas tempo dentro da tua actividade profissional para criares isto?
Ontem fui apresentado pela primeira vez como Presidente do Forum Turismo, algo que me deixou muito orgulhoso. E mais uma vez defendo isto que estamos a ver aqui. A empregabilidade sustentável.
A começar com uma oportunidade de estágio e a terminar com um contrato, um contrato sem termo. E eu hoje tenho a oportunidade de ser Presidente de uma associação, Forum Turismo, que integra uma equipa de Jovens, profissionais de alto gabarito. Estamos a trabalhar em Lisboa, eu sou de Fátima mas a Bolsa de empregabilidade não é só um dos nossos eventos. Temos mais e as pessoas nem sabem que é o Forum Turismo que as organiza.

Trabalhamos com vários eventos relacionados com Turismo e emprego. Viagem à Fitur, Bolsa de Empregabilidade. Trabalhamos outros eventos mais corporativos como congressos, porque somos uma Associação sem fins lucrativos que tem como grande foco a promoção da empregabilidade.

Tens conseguido sucesso ao longo destes quatro anos?

O sucesso é feito do trabalho de todos os dias. Hoje podemos ver que é uma iniciativa de sucesso, mas quem me diz a mim que sou um homem de sucesso? É cedo para dizer isso.

Um dia fazes o balanço, contabilizas os dias, o que fizeste, o que não fizeste…

Eu prefiro voltar-me para aquilo que ainda tenho a fazer.

Mas tu não acabaste. Iniciaste mas o teu trabalho continua

Então sou um homem de sucesso. Tenho as pessoas certas ao meu lado.Tenho feito coisas que me dão muito orgulho. Tenho pessoas ao meu lado que me ajudam.

Então desse ponto de vista sou um homem de sucesso.

Como é que um agente de viagens de uma cidade do interior do país arranja tempo para todas estas actividades?

Eu saí de Fátima já alguns anos. E é aqui que as coisas acontecem embora talvez possam acontecer lá. Mas é aqui que quero estar porque é aqui que me sinto bem.

Como foi a mudança de um agente de viagens para esta capital?

Foi natural. Houve muita gente que não acreditava. Não valorizavam a minha pessoa. Isso deu-me mais ânimo

Entrevistado por António Manuel Teixeira

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade