Aos taxistas de Madrid juntam-se outros manifestantes em protesto

Aos taxistas de Madrid juntam-se outros manifestantes em protesto
O Turismo.pt

Os taxistas de Madrid iniciaram um protesto no rpincípio desta semana contra as plataformas digitais como a Uber e a Taxify.

À semelhança do que aconteceu em Lisboa na QAvenida da Liberdade, os taxistas decidiram loquear o Campo de las Naciones onde existem várias empresas e o Centro de Empresas de Madrid.

Neste momento existem várias centenas de táxis que impedem o acesso à Feira de Turismo que decorre até domingo na Ifema.


A acompanhar a manifestação estão centenas de polícias, fortemente armados que impedem os profissionais dos taxis de se aproximarem da Feira.

Na manhã de hoje, 23 de Janeiro,, decorreu a visita dos reis Filipe e Letizia, do governo de Espanha e minstros de outros paises. A segurança dentro da feira estava exagerada não permitindo que expositores e comunicação social ciculassem livrmente pelos pavilhões.

Também os corredores de cada pavilhão estavam vedadso com fitas e membros da segurança impedidndo a circulação nos mesmos.
Já ontem segundo aquilo que O Turismo.PT conseguiu apurar, a Feira foi encerrada mais cedo, uma vez que os manifestantes atiravam pedras e fogo.
Hoje pelas 20:00 estivemos perto dos manifestantes que estavam ordeiramente na zona que lhes foi destinada mas a polícia impediu a comunicação social de se aproximar .

A manifestação poderá aumentar uma vez que aos manifestantes se juntaram ouros elementos em protesto..

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade