Páscoa: Três vinhos Soalheiro para celebrar a tradição à mesa

Páscoa: Três vinhos Soalheiro para celebrar a tradição à mesa
Divulgação

O produtor de Alvarinho sugere três vinhos para acompanhar os pratos típicos da Páscoa.


 Em Monção e Melgaço, onde nascem os vinhos Soalheiro, a Páscoa é sinónimo de celebração à mesa. Do folar de enchidos ao cabrito assado, passando pela doçaria típica, a região minhota dá sabor à tradição.


A Quinta de Soalheiro, também ela uma história de família e legado, sugere os vinhos que melhor acompanham os pratos tradicionais da época, para que, dentro dos possíveis, se preservem os costumes e memórias à mesa.

Para começar, e porque esta é uma época de renovação e esperança, sugere-se um brinde com Espumante Bruto Alvarinho (PVP 14€), que, além de um clássico de celebração, destaca-se pela versatilidade gastronómica, o que o torna ideal tanto como aperitivo como para acompanhar assados no forno, como o tradicional cabrito ou borrego.


Para quem prefere os mariscos e peixes na mesa da Páscoa, a sugestão é o Soalheiro Primeiras Vinhas 2019 (PVP 16€), vinho que representa a tradição do produtor pioneiro na criação de Alvarinho em Melgaço e que hoje em dia o dá a provar a mais de 40 países em todo o mundo. Produzido com uvas das vinhas mais antigas do Soalheiro, o Primeiras Vinhas expressa a essência do território, com a elegância e subtileza conferidos pelo estágio parcial (15%) em barricas de carvalho.


Para o fim de refeição, o Soalheiro 9% 2020 (PVP 15€) surge como uma sugestão leve e descontraída para prolongar as conversas à mesa. Este vinho segue um método inspirado na região de Mosel, na Alemanha, que consiste em interromper a fermentação, alcançando um equilíbrio de acidez e ligeira doçura invulgares.

Os vinhos Soalheiro encontram-se à venda em garrafeiras por todo o país.

RIU Hotels & Resorts

FITUR 2021

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade