Caves Cálem e Burmester são agora espaços “Clean&Safe”

por: Zita Ferreira Braga

Das medidas que vão ser implementadas constam reorganização da dinâmica das visitas e formação interna, preparando deste modo a reabertura dos espaços, as três caves mais procuradas pelos turistas.

O grupo Sogevinus já é possuidor do selo “Estabelecimento Clean & Safe”, uma idéia do Turismo de Portugal, “para os vários espaços que o grupo detém dedicados ao enoturismo, com destaque para as caves de vinho do Porto Cálem e Burmester, em Vila Nova de Gaia, e para a Quinta de S. Luiz, no Douro”.


Depois de cumpridas as recomendações da Direcção Geral de Saúde com o objectivo de evitar qualquer contaminação dos espaços com o coronavírus, o selo “Clean&Safe” reconhece publicamente que a Sogevinus reogarniza no momento a dinâmica de visitas nos vários espaços, não esquecendo “todos os detalhes que permitam assegurar a proteção e o bem-estar dos turistas e dos colaboradores da empresa”.


Maria Manuel Ramos, directora de turismo da Sogevinus afirma que: “Fazer com que as pessoas que nos visitam se sintam seguras é a nossa prioridade e estamos a rever e reforçar todas as medidas nesse sentido”

E a directora continua: “O grande desafio, neste momento, passa por conseguirmos oferecer uma visita segura e, ao mesmo tempo, preservar o serviço e a hospitalidade, na medida em que estes são elementos essenciais que transformam as visitas aos nossos espaços em experiências diferenciadoras junto de quem vem à procura de descobrir mais sobre o universo do vinho do Porto”.

E a responsável pelo Turismo da Sogevinus explica, concluindo “Tendo em conta o distanciamento social que hoje é exigido, o atendimento e o relacionamento humano serão as mais-valias que nos vão permitir continuar a assegurar uma proximidade com o cliente. Assim, apesar de não termos ainda definida a data de reabertura dos nossos espaços, vamos também investir na formação de todos os nossos colaboradores, para que estes se possam ir adaptando às características e exigências de uma nova realidade, de forma a garantir que tudo estará a funcionar, de forma plena, no momento em que voltarmos a abrir as portas aos nossos visitantes”.

Convém salientar que as caves Cálem e Burmester são as três caves mais procuradas pelos turistas.

Só a Cálem, que mantém a liderança enquanto cave de vinho do Porto mais visitada, registou, no ano passado, a presença de 300 mil visitantes. Portugueses, franceses e espanhóis foram os que mais visitaram os espaços do grupo Sogevinus em 2019.

RIU Hotels & Resorts

Amsterdam City Card

Etihad Airways