Convento da Vila, um novo Colheita Selecionada com nova imagem

por: Zita Ferreira Braga

A Adega de Borba lança no mercado novas colheitas do Convento da Vila Colheita Selecionada, dando a conhecer, em simultâneo, a nova imagem.



Com o objectivo de tornar o Convento da Vila Colheita Selecionada “um vinho diferenciador do seu segmento e de fácil reconhecimento pelo consumidor, a mudança de imagem foi integral”. Ficou apenas uma memória do antigo convento através das formas geométricas que caracterizam a fachada do Convento das Servas, que este vinho homenageia.

Delfim Costa, Director Geral da Adega de Borba, considera que “o Convento da Vila Colheita Selecionada é um vinho jovem, fresco, frutado e com uma certa complexidade, que o torna um vinho muito dirigido a um consumidor mais jovem e que valoriza os perfis de vinhos mais actuais.”

Convento da Vila Colheita Selecionada Tinto 2017

Sob direção técnica do enólogo da Adega de Borba, Óscar Gato, esta nova colheita foi produzida a partir de uvas das castas Alicante Bouschet, Syrah e Touriga Nacional. Este vinho da colheita 2017 estagiou três meses em madeira de carvalho francês e americano. Apresenta “um aroma frutos vermelhos maduros, sabor macio com taninos frutados e especiarias”.

Um teor alcoólico de 13.5%, ideal para acompanhar no dia-a-dia o consumidor da boa gastronomia nacional. Pode ser consumido de imediato ou ser guardado três ou quatro anos.

Quanto ao Convento da Vila Colheita Selecionada Branco 2018 é um vinho produzido a partir das castas Antão Vaz, Arinto e Viognier, um vinho regional alentejano Branco 2018 com boa intensidade aromática sugerindo frutos tropicais e cítricos.
É um vinho jovem, de sabor frutado maduro, persistente e de longa frescura. O seu moderado teor alcoólico de 13%, permite boa harmonização com a gastronomia nacional. Pode ser consumido de imediato ou ser guardado três anos.

RIU Hotels & Resorts

Amsterdam City Card

Etihad Airways