Madeira vai conseguir superar "mais um grande desafio"

O presidente do Governo da Madeira mostrou-se convicto de que a região vai superar "mais este grande desafio" dos "efeitos devastadores" no sector do turismo provocados pela pandemia.

"Vivemos tempos estranhos, atípicos, que têm tido efeitos devastadores na indústria turística", declarou Miguel Albuquerque na cerimónia de atribuição de medalhas de mérito turístico a 24 pessoas e instituições da região.

A iniciativa assinalou na Madeira o Dia Mundial do Turismo, o principal sector da economia regional, que tem sido o mais afectado pela pandemia.

"Tenho a convicção profunda de que este vai ser mais um grande desafio que na Madeira vamos ultrapassar com ajuda de todos e concertação de esforços na manutenção das empresas, dos postos de trabalho e na salvaguarda da nossa região como um destino seguro", sublinhou o chefe do executivo madeirense num breve discurso nesta cerimónia,

Miguel Albuquerque realçou que a (27/09) foi prestada homenagem a pessoas e instituições que "constituem um exemplo para todos de responsabilidade, trabalho, decência, civismo e mérito".

O governante salientou "o profissionalismo, a dedicação diária à arte de bem receber" que os agraciados evidenciam, continuando a dar um incontornável contributo para a afirmação e notoriedade da região enquanto destino turístico de excelência".

As medalhas de mérito turístico foram criadas em 1979 pelo Governo Regional da Madeira, então chefiado por Alberto João Jardim, "simbolizando reconhecimento ao profissionalismo, entrega e dedicação dos agraciados, bem como enaltecem o elemento humano que nos engrandece e distingue dos demais destinos", refere a nota distribuída pela presidência do executivo insular.

O "Governo Regional considera que neste actual contexto económico adverso, resultante do combate à pandemia causada pelo coronavírus SARS-CoV-2, mais se justifica o dever de publicamente expressar agradecimento pelo trabalho efetuado, pela dedicação e até sacrifício e manifestar confiança no futuro", acrescenta o governo madeirense no mesmo documento

Este ano foram duas medalha em ouro (por excecionais serviços prestados), oito em prata (por importantes serviços prestados) e 14 em bronze (por significativos serviços prestados).

 
 
 
 

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade