A Alemanha é o terceiro país do mundo com mais Património da UNESCO

por: Vanessa Miranda
A Alemanha é o terceiro país do mundo com mais Património da UNESCO
@Francesco Carovillano

No total são 51 bens patrimoniais de valor universal excepcional, sendo ultrapassada pela Itália, com 58 bens e pela China, com 56 bens.

Então, existem à disposição uma série de lugares únicos e prontos a serem descobertos numa próxima escapadinha. Fica a sugestão de cinco destinos.

Aachen

Situa-se perto das fronteiras com a Bélgica e os Países Baixos. A sua catedral compõe a lista dos 12 primeiros sítios classificados como Património Mundial da UNESCO, em 1978. Foi mandada construir pelo Imperador Carlos Magno, no século VIII, e o palco escolhido para a coroação de 30 monarcas alemães. No seu interior abriga relíquias importantes, como as vestes de Cristo e da Virgem e a mortalha de São João Baptista, exibidas entre 09 e 19 de Junho.

Outras atracções da cidade são o spa termal Carolus Thermen e o Ludwig Forum for International Art que acolhe arte europeia e americana a partir de 1960.

Weimar

Fica a menos de três horas de comboio de Frankfurt. Em 1996 foi classificado Património Mundial, o edifício onde nasceu a Bauhaus, a mais importante escola de arte e design do século XX. Em 1998, foi classificada a “Weimar Clássica”, que compreende um total de 16 edifícios e conjuntos arquitectónicos, desde o castelo Belvedere até às casas onde viverem Goethe e Schiller e biblioteca fundada pela duquesa Anna Amália, considerada uma das primeiras bibliotecas públicas da Europa.

Em 2019, foi inaugurado o Museu Bauhaus e são diversas as actividades realizadas em Weimar, como o Goethe Wine Festival, uma festa do vinho que também festeja o aniversário do escrito, a 28 de Agosto.

Berlim

É a capital alemã e destaca-se a Ilha dos Museus, classificada em 1999 e compreende cinco instituições importantes: o Pergamon, o Altes, o Neues, a Alte Nationalgalerie e o Bode Museum, além da Galeria James Simon, inaugurada em 2019.

Em 1990 foram acrescentos à lista da UNESCO os Palácios e Parques da vizinha Potsdam e de Berlim, que merecem uma visita.

Para os apreciadores de arquitectura, os seis conjuntos habitacionais representativos do modernismo da década de 20, classificados como Património Mundial em 2008, podem ser apreciados.

Colónia

A catedral de Colónia é uma das atracções mais visitadas. É uma verdadeira obra-prima gótica, que começou a ser construída em 1248 e terminou em 1880. Faz parte da lista da UNESCO desde 1996, e conta com quase 8.000 metros quadrados e capacidade para aproximadamente 20.000 pessoas.

No interior da catedral destacam-se os seus vitrais, assim como as relíquias dos três Reis Magos, que atraem peregrinos desde o século XII.

Berlim é uma cidade cheia de museus, parques, e conta com um bonito centro histórico, sendo um destino perfeito.

Bremen

Situa-se a Norte do país e é conhecida pelo conto dos irmãos Grimm “Os Músicos de Bremen”, que também se distingue pelo seu património. A estátua de Rolando e o edifício da Câmara Municipal integram a lista da UNESCO desde 2004. A estátua foi construída em 1404 e assume-se como um símbolo de liberdade. Por sua vez, a Câmara Municipal foi construída entre 1405 e 1410, com uma fachada que remonta ao século XVII. O interior é repleto de uma escadaria de madeira esculpida à câmara dourada e possui uma sala que é considera um dos melhores exemplos da art nouveau na Alemanha.

Aproveite as sugestões e desfrute de uma boa escapadinha.

RIU Hotels & Resorts

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade