Acordo promocional com a maior rede de agências de viagens no mundo, traz 17,000 turistas ao Panamá

por: Mafalda Ferreira
Conferência EDGE em Denver
Conferência EDGE em Denver
FinnPartners

A parceria com a Travel Leaders Network (TLN), a maior rede de agências de viagens do mundo, com mais de 55,000 agências, foi anunciada recentemente nos Estados Unidos perante cerca de 1,600 agências de viagens.


O anúncio foi feito na conferência EDGE, em Denver, Colorado, durante a presença do Ministro do Turismo, Iván Eskildsen. O anúncio foi feito com as principais agências de viagens da TLN de forma a promover e acelerar o turismo no Panamá. O acordo será financiado pela PROMTUR, e é o resultado de uma missão anterior em Nova Iorque, coordenada entre a Autoridade de Turismo do Panamá (ATP) e o sector privado.


O acordo vem trazer cerca de 17.000 turistas ao Panamá, o que irá gerar uma injecção económica de 32 milhões de dólares no país. A ATP quer que as empresas de turismo registadas no Registo Nacional de Turismo, possam fornecer as suas experiências turísticas aos agentes de viagens da TLN, sempre destacando a diversidade cultural do país.


A missão também incluiu o evento Adventure Connect em parceria com a Adventure Travel and Trade Association (ATTA), a maior associação mundial de empresas de viagens de aventura. Durante o evento, o Ministro Eskildsen conduziu entrevistas com jornalistas que trabalhavam para prestigiados meios de comunicação social com ampla cobertura, tais como Adventure Media, National News Media, BBC, CNN, entre outros, que estavam interessados em publicar sobre a oferta turística de aventura do Panamá.


Foi ainda feita uma visita aos escritórios da empresa de turismo de aventura, Natural Habitat Adventures, que faz parte do mesmo grupo económico da Lindblad Expeditions, onde operam pequenos cruzeiros da National Geographic. Juntos, estão a avaliar novas operações que promovam e atraiam turistas ao Panamá.


Durante a viagem, o ministro e Eskildsen e Adrian Benedetti, coordenador de um projecto de 1.000km de trilhos, aproveitaram para iniciar o processo de formação de alianças com diferentes organizações, que irão reforçar e dar destaque ao projecto dos 1,000km de trilhos.

O ministro Eskildsen expressou ainda que, “durante esta viagem de trabalho com o sector privado, foram feitos progressos no posicionamento do Panamá como um destino turístico sustentável de classe mundial baseado no Plano Director do Turismo Sustentável e na aceleração da reactivação do turismo, aumentando a chegada de visitantes internacionais”.

RIU Hotels & Resorts

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade