Vulcão de Tonga agrava a situação do arquipélago

Vulcão de Tonga agrava a situação do arquipélago
Tonga

A erupção no oceano Pacífico seguida de tsunami está a agravar a situação no arquipélago de Tonga. Há muitos danos e a água potável começa a faltar.

A Austrália e a Nova Zelândia enviaram aviões para a região com o objectivo de aferir as consequências da erupção do vulcão "Hunga Tonga-hunga", localizado a escassos 65 quilómetros de Nuku’Alofa, a capital de Tonga, situada na ilha de Tongatapu.

As comunicações no arquipélago estão em baixo e a nuvem de fumo tem sido um obstáculo ao tráfego aéreo pela região, com diversos voos comerciais a serem cancelados devido ao vulcão.

"Este é um acontecimento importante e a Nova Zelândia vai fazer tudo o que puder para oferecer apoio e assistência", expressou Nanaia Mahuta, a ministra dos Negócios Estrangeiros da Nova Zelândia de origem mahori.

A ministra dos Negócios Estrangeiros da Austrália, Marise Payne, fala de "momentos muito desafiantes" com "as comunicação profundamente afetadas pela erupção vulcânica, sentida também noutras partes da região".

"Aqui, na Austrália, sentimos os efeitos na costa, mas sentiu-se sobretudo nas ilhas Fiji”, destacou Payne.

O vulcão submarino "Hunga Tonga-Hunga" estava em actividade já há algumas semanas, mas a erupção de sábado foi enorme e sentida por toda a região.

Até em Portugal, o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) detetou as oscilações marítimas provocadas pela erupção, registada em vídeo via satélite.

"Os sinais atmosféricos da explosão foram registados pouco depois das 00:00 do dia 16 de Janeiro de 2022, tendo nas horas seguintes sido observadas alterações no nível do mar".
"O sinal de maior amplitude, cerca de 40cm, foi registado em Ponta Delgada, Açores, tendo o fenómeno sido observado na ilha da Madeira (20cm medidos no Funchal) e no Continente, aqui genericamente os valores foram inferiores a 20cm com exceção de Peniche, onde foram medidos 39cm", lê-se na nota publicada pelo IPMA.

 

QATAR turismo

RIU Hotels & Resorts

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade