Malta, local ideal para terminar o Verão

Praia, cultura, gastronomia, e muitas outras opções que lhe permitirão criar memórias que dificilmente esquecerá.


O fim do Verão está a chegar: restam apenas alguns dias de sol e  praia,  e  certamente  já  está  a  pensar  no  Verão  de  2022.  E  que  tal  fugir  para  Malta,  para aproveitar ao máximo este fim de Verão num clima mediterrânico ímpar, entre uma cultura secular e experimentando uma gastronomia inconfundível? Deixamos-lhe algumas

recomendações para descobrir o melhor de Malta, um destino mágico no meio do Mediterrâneo, para se afastar de tudo e repor as energias.

Reviva a rica história de Malta desde a pré-história, explorando os sete templos megalíticos que se encontram no arquipélago maltês, declarados Património Mundial pela UNESCO. Há também  uma  abundância  de  grandes  palácios,  fortificações  e  torres  de  vigia  a  não  perder quando estiver no país.
O Palácio Verdala, o Palácio do Grão-Mestre e a Torre de Santa Ágata são lugares emblemáticos para conhecer o lado mais medieval de Malta. 

Não há nada como passear pelas ruas de Valeta, declarada Património Mundial em 1980. Os seus 320 monumentos espalhados por 55 hectares fazem dela uma das áreas históricas mais concentradas do  mundo  –  um  autêntico  museu ao  ar  livre. Fundada  em meados do  século XVI, a história desta cidade fortificada está ligada ao passado militar da Ordem de São João.

Passeie por entre os seus edifícios, decorados com as galarijas, varandas típicas da arquitetura tradicional maltesa, e descubra a beleza de monumentos como a Cocatedral de

São João ou os jardins Upper Barrakka, com vistas impressionantes sobre o Grão-Porto.

Mas não é só Valeta que tem vistas imperdíveis Em  frente  à  capital  está  Birgu  (também  conhecida  como  Vittoriosa),  que  juntamente  com Senglea  e  Copiscua  forma  as  Três  Cidades,  caracterizadas  por  uma  extraordinária  riqueza arquitetónica.  Birgu  é  considerada  uma  das  áreas  mais  monumentais  de  Malta  e  está localizada em torno da fortaleza de Sant'Angelo, um grande bastião que pertenceu à Ordem de  São  João.  Caminhar  pelas  ruas  da  cidade,  entre  a  Marina  e  os  muros  antigos,  é  uma

experiência que não o deixará indiferente.

Localizada no leste da ilha de Malta está Rabat, construída pelos árabes sobre uma antiga vila romana. Esta localidade é famosa pelas Catacumbas de São Paulo e pelos vestígios arqueológicos  do  período  romano. 

Não muito longe de Rabat está a antiga capital de Malta, Mdina, conhecida como a Cidade doSilêncio, cujas ruas preservam o mais puro estilo medieval. Nesta cidade encontrará recantos deslumbrantes onde as arquiteturas medieval e barroca se fundem. 

 

Se há algo que adoramos no Verão, é desfrutar de um bom dia de praia. O céu azul, a brisa do vento no nosso corpo ao sol, o rumor das ondas a rebentar na costa, o cheiro inconfundível a mar. Paz, tranquilidade e felicidade. E se a praia é o plano perfeito para um dia quente de Verão,  não  há  nada  melhor  do  que  a  ilha  de  Malta,  no  meio  do  Mediterrâneo,  para  o desfrutar. Malta esconde verdadeiros tesouros inesquecíveis para qualquer apaixonado pelo mar e pela areia.

Desde praias de areia fina a praias rochosas, Malta conta com locais ideais para dar o último mergulho  do  Verão.  Entre  as  melhores  praias  de  Malta,  e  não  muito  frequentadas,  estão Armier Bay, Little Armier e Gnejna Bay. Mas se o que o apaixona é o snorkeling, recomendamos que vá à ilha de Gozo e visite Wied il-Għasri, Hondoq ir-rummien ou Dwejra Bay. 

Uma das praias mais famosas é a Blue Lagoon, na ilha de Comino. Com areia branca e águas cristalinas que cintilam à luz sol, não há melhor lugar para relaxar.

viagem, o célebre farol de  Ġordan, a entrada do mar em Wied il-Ghasri, as falésias deslumbrantes e o espantoso arco Wied Il-Mielah.

Também a ilha de Malta oferece várias rotas de distâncias e dificuldades diversas. Uma das mais curtas e fáceis é a caminhada do parque natural Majjistral. Mas se for um entusiasta do trekking, recomendamos a rota costeira no Sudeste da ilha, de 28,39 quilómetros, onde pode

A  gastronomia  maltesa  é  influenciada  por  outras  gastronomias,  como  a  italiana  e  a  anglo- saxónica, que lhe conferem caraterísticas únicas e resultam em pratos cheios de sabor. Como aperitivo, recomendamos os pastizzi, deliciosos pastéis turcos. Não deixe de provar também o  Stuffat  tal-fenek,  o  prato  estrela  por  excelência,  que  consiste  num  estufado  de  coelho carregado de sabor. Outra iguaria que vai adorar é o lampuki, um peixe grelhado, e o melhor lugar para o experimentar é a aldeia de Marsaxlokk. Para sobremesa sugerimos kannolis, uma massa  frita  recheada  com  ricota  e  geralmente  acompanhada  por  chocolate,  creme  de pistácio, pedaços de avelã... Ou, se preferir, o helwa tat-tork, uma massa feita com amêndoas trituradas e mel, servida à hora do café. Independentemente da opção, garantimos que não se vai arrepender.

O pôr-do-sol em Malta é um momento mágico que vai com certeza guardar para sempre na sua  memória.  O  sol  tinge  as  ilhas  de  um  dourado  único,  dando  lentamente  lugar  ao crepúsculo, um espetáculo que merece ser apreciado no seu máximo esplendor. os melhores locais são: as falésias de Dingli, as praias de Golden Bay e de Qrendi, em Malta, e as praias de Dwejra e de Xlendi, em Gozo.
Não esqueça  Malta, o segredo mais bem guardado do MediterrâneoMediterr

Mídia

RIU Hotels & Resorts

#EstamosON

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade