Preservação da Natureza um projecto Termas do Centro

Preservação da Natureza um projecto Termas do Centro
Divulgação

Termas do Centro e onze redes de Turismo juntam-se num projecto que tem como objectivo alertar para a necessidade da conservação e preservação da Natureza


O consórcio Termas Centro está ligado a uma campanha nacional que “desafia os portugueses a serem responsáveis e a pensarem no meio ambiente durante os meses de verão, altura em que há mais afluência às áreas naturais e protegidas”.

A iniciativa tem como mote o apelo “Obrigado por Cuidar do Nosso País” e junta 12 redes de turismo. As Termas Centro, a ADERE Peneda-Gerês, as Aldeias de Montanha, as Aldeias do Xisto, as Aldeias Históricas de Portugal, o Geopark Naturtejo, as Heranças do Alentejo, os Lugares da Serra Alentejana, as Montanhas Mágicas, a Rota da Terra Fria Transmontana, a Rota do Românico e a Rota Vicentina são as redes que durante o mês de Agosto irão mostrar, “que o futuro do turismo está na preservação da natureza e da cultura local”.

“Abastecer-se com produtos locais, deixar menos lixo do que encontrou, respeitar os ritmos de vida locais, investir o valor justo pela qualidade, procurar informações sobre a região e as suas particularidades e não sobrecarregar locais sensíveis, são algumas das mensagens da iniciativa, que decorre nas redes sociais das 12 redes de turismo”, refere a nota de imprensa.

O Turismo de Portugal ao lançar esta idéia teve como objectivo “juntar 12 redes colaborativas especialmente procuradas pela sua vasta oferta em Turismo de Natureza e Turismo Activo.

 É sem dúvida a situação das Termas Centro, que tem a maioria das estâncias termais inseridas em territórios rodeados pela natureza.

As estâncias das Termas Centro estão situadas em locais de grande beleza natural e tranquilidade, com uma envolvência que convida a usufruir da natureza e a praticar o turismo ativo. afirma  Adriano Barreto Ramos, coordenador da rede Termas Centro, que continua As Termas têm, aliás, um papel decisivo na promoção da saúde, não só pelos tratamentos terapêuticos, mas também pelo estímulo da atividade física que proporcionam.
E o dirigente termina salientando "Não surpreende, por isso, que as Termas Centro estejam na primeira linha da defesa da sustentabilidade e da preservação da natureza”,

RIU Hotels & Resorts

#EstamosON

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade