Aldeias de Portugal onde se pode esquecer a pandemia

Aldeias de Portugal onde se pode esquecer a pandemia
Divulgação

Pode aproveitar as suas ferias escolhendo um local calmo, mais ou menos isolado, tranquilo e praia por ali perto.



Olhando o mapa de Portugal, há vários locais que podem corresponder à vontade de quem quer descansar e divertir-se  nos intervalos

Na Guarda, a cidadela de Marialva, leva a História ao tempo dos romanos. Os vestígios arqueológicos  são prova das muitas civilizações  que por ali passaram.
Um povoado pequeno onde podem ser visitadas ruínas Romanas, antigas casas judaicas, edifícios do século XVII e o castelo medieval.

Mas pode-se esquecer a faceta histórica de Marialva porque a natureza permite desportos quase radicais, ou correr os percursos a pé ou de bicicleta. Para pernoitar pode acolher-se no Hotel Longroiva Rural e nas Casas do Côro.


A outra sugestão é a aldeia de xisto de Cerdeira, na Lousã. Com a vaga da emigração, registada nos anos 80 aldeia ficou quase abandonada.

Mas os amigos da aldeia e não decidiram fazê-la renascer, recuperando casas e tornando Cerdeira um projecto que alia a natureza à arte

Cerdeira tem agora um Festival que recebe anualmente em Julho, de seu nome Elementos à Solta – Art Meets Nature.
Mas em Cerdeira alia-se a natureza à criação artística com workshops de artes e actividades ao ar livre, “com ou mais adrenalina”.

Perto de Cerdeira tem o hotel Cerdeira-Home for Creativity e o Palácio da Lousã Boutique Hotel.


Castelo Novo, a 20km do Fundão é uma aldeia onde os contrastes entre os verdes da paisagem e o cinzento das casas são gritantes. Há também casas senhoriais para além do castelo.

A praia fluvial da ribeira de Alpreade, com bar e zona de relva, convida a uns mergulhos. Além das igrejas, capelas e chafarizes, esta aldeia tem muito mais para conhecer. Na sua lista de sítios a não perder inclua o Cabeço da Forca, as calçadas Romana e da Ordem dos Templários, a Via Antiga e a Lagariça, um lagar de vinho comunitário medieval e descubra mais sobre as duas lendas locais, a do Mosteiro e a da Belisandra. Se pretende ficar perto de Castelo Novo tem a Cerca Design House ou o Convento do Seixo Boutique Hotel & Spa.

 

Na margem do rio Zêzere a cerca de meia hora de Tomar, fica Dornes, um destino quase desconhecido pela maioria dos turistas.. Além da paisagem sobre o rio e da praia fluvial, os visitantes podem explorar o rio de canoa ou gaivota e visitar o monumento mais famoso de Dornes: a Torre Pentagonal.


Por estes lados pode conciliar o sossego e as idas à praia fluvial com passeios a pé ou caminhadas pela montanha. Com apenas dois restaurantes em Dornes, não será difícil decidir onde almoçar e jantar.
Os pratos típicos são confecionados com produtos locais como a amêijoa, o peixe de rio ou o lagostim. Pode ficar na Casa do Adro Hotel ou na Vila dos Castanheiros, que ficam perto de Dornes.

RIU Hotels & Resorts

#EstamosON

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade