Empresas e profissionais qualificados para Turismo de Natureza e Cultura

Algarve qualifica mais de 230 participantes do trade regional para o Turismo de Natureza e Cultura

Até final do corrente ano, a Região de Turismo do Algarve (RTA) tem em curso um programa de ações de sensibilização e de capacitação.

Estas acções terão como objectivo promover a sustentabilidade do património natural e cultural do destino, “envolvendo mais de 230 empresas e profissionais do sector turístico regional e sem encargos para os participantes”.

O inicio desta operação teve lugar começou em Novembro “com a organização de uma ação de capacitação para qualificar as unidades de alojamento algarvias que operam no segmento de caminhada e/ou bicicleta”.
No âmbito desta acção haverá consultorias personalizadas, para cada alojamento, que serão levadas a cabo “por uma equipa independente e especializada na implementação e adaptação de projetos bike & walk friendly”.

A muito grande procura desta acção vinda do sector de alojamento turístico, principalmente da hotelaria e do alojamento local e turismo no espaço rural, esgotou as inscrições previstas tendo dado lugar a um lista de espera, o que revela o muito interesse destas unidades hoteleiras pelo Turismo de Natureza

A ação de capacitação «Bike & Walk Friendly» para unidades de alojamento realiza-se no âmbito da candidatura «SustenTUR Algarve – preservação do património natural e cultural da região do Algarve» ao «Programa VALORIZAR – Linha de Apoio à Sustentabilidade», do Turismo de Portugal”, refere a nota de imprensa

No âmbito desta mesma candidatura “SustenTUR Algarve”, a RTA convidou “os profissionais de empresas de animação turística” a participar na ação de sensibilização e capacitação «O nosso Património Cultural», uma iniciativa que conta com a colaboração da Direção Regional de Cultura do Algarve e dos municípios de Faro, Tavira e Silves.

Trata-se de uma iniciativa que promove a sustentabilidade do turismo através da valorização e preservação dos bens culturais da região. Em simultâneo incentiva uma correcta comunicação e uma melhor experiência turística e cultural.

“O nosso Património Natural”, que integra acções de capacitação dirigidas aos operadores marítimo-turísticos da área do Parque Natural da Ria Formosa e do barlavento algarvio, que por seu lado promove a proteção do ambiente e a conservação e valorização do património natural da região e também resultam da candidatura “SustenTUR Algarve”.

Compete ao Centro de Ciências do Mar (CCMAR) da Universidade do Algarve, a realização destas acções, contando com uma equipa especializada na área da conservação da natureza.

Além dos conteúdos teóricos, estão programadas “saídas de campo para aplicação prática das regras e padrões de conduta responsável, visando compatibilizar os interesses da conservação ambiental e o desenvolvimento sustentável das actividades marítimo-turísticas.”


A rota ciclável transnacional «EuroVelo 1 – Rota da Costa Atlântica» combina, ao longo de mais de 9100 quilómetros, os majestosos fiordes da Noruega, a costa selvagem da Irlanda e as praias banhadas pelo sol de Portugal, cruzando o Algarve de Vila Real de Santo António a Odeceixe, num percurso com perto de 300 quilómetros de extensão.


Tavira, Faro, Albufeira e Lagos recebem sessões de capacitação sobre a rota EuroVelo 1, enquanto São Brás de Alportel, Silves e Monchique acolhem sessões dedicadas aos percursos cicláveis no Algarve. As sessões são conduzidas por técnicos especializados em cycling e além de formação em sala incluem uma saída de campo para a realização de um troço ciclável com cerca de cinco quilómetros de extensão.

RIU Hotels & Resorts

#EstamosON

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade