Tailândia premiada pelas suas políticas de sustentabilidade

A Tailândia tem vindo a desenvolver um esforço notável ao nível das políticas de sustentabilidade, pelo que no Global Forum on Human Settlements, apresentado pelo Comité Económico e Social da ONU para a Ásia e Pacífico, no passado mês de outubro, em Banguecoque, foi alvo de um reconhecimento internacional.

A região de Krabi, uma das mais visitadas pelos portugueses no sudeste da Tailândia, foi distinguida com o Prémio “Ponto Cénico Ecológico de Baixo Carbono”.

 Além desta distinção, a Tailândia obteve mais três menções honrosas noutras duas categorias: a de “Cidade Global Verde”, para a cidade de Hua Hin, e a de “Pequeno Embaixador Global Verde”, para dois estudantes tailandeses, Wang Ruoxi, da Escola Satit Patumwan, e Thanik Siriphongpak, da Escola Satit Prasarnmit, ambos de Banguecoque.


O evento deste ano, organizado sob o tema “Inovações Urbanas Avançadas para Alcançar o Objectivo de Desenvolvimento Sustentável 11 e Nova Agenda Urbana”, contou com a presença de 400 representantes de 40 países.

A consciencialização para a sustentabilidade urbana deu especial ênfase ao Objectivo de Desenvolvimento Sustentável n.º 11: “Tornar as cidades e comunidades inclusivas, seguras, resilientes e sustentáveis”.

O Global Forum on Human Settlements aceita, durante todo o ano, candidaturas de projectos sustentáveis inovadores sobre cidades, pontos cénicos, comunidades, edifícios, tecnologia “verde” e transportes, entre outros. Estes projectos podem ser apresentados por adultos ou por crianças. Na cerimónia deste ano, foram galardoados 36 participantes em sete categorias.

RIU Hotels & Resorts

#EstamosON

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade