Reguengos de Monsaraz registou subida acentuada de turistas e visitantes em 2019

Município de Reguengos de Monsaraz registou mais de 110 mil turistas e visitantes em 2019, o que revela mais 11,8% que em 2018

Este número foi contabilizado pela consulta dos registos de entradas inscritos no Posto de Turismo de Reguengos de Monsaraz, no Museu Mestre Batista, na Casa do Barro – Centro Interpretativo da Olaria de S. Pedro do Corval e na Igreja de Nossa Senhora da Lagoa, o principal monumento de Monsaraz e que atingiu um novo recorde ao receber cerca de 101 mil (mais 14,4 por cento que em 2018) pessoas durante o ano.


Em 2019, os visitantes e turistas efectuaram mais de 186 mil visitas a museus, monumentos, exposições e postos de turismo, mais 2,7 por cento que no ano anterior.
A autarquia contabiliza as visitas no Museu do Fresco, Casa da Inquisição - Centro Interactivo da História Judaica, Igreja de Santiago, Igreja de Nossa Senhora da Lagoa, Torre de Menagem, Igreja da Misericórdia, Casa do Barro - Centro Interpretativo da Olaria de S. Pedro do Corval, Museu Mestre Batista, Casa de Monsaraz e nos postos de turismo de Monsaraz e de Reguengos de Monsaraz, calculando-se que “51,9 por cento das entradas corresponda a visitantes e turistas nacionais”.


As nacionalidades de todas as pessoas são registadas nos postos de turismo de Monsaraz e de Reguengos de Monsaraz, tendo a autarquia contabilizado nesses espaços mais de 21.100 turistas e visitantes que foram obter informações sobre o concelho, correspondendo a 65,4 por cento de estrangeiros.
Os principais mercados emissores foram Portugal com 34,6 por cento, Espanha com 25,9 por cento, França com 9,9 por cento, Brasil com 8,9 por cento e Estados Unidos da América com 4,2 por cento.

Foram ainda registados turistas e visitantes de mais 40 países, entre os quais do Chile, Israel, Japão, Austrália, Finlândia, África do Sul, Rússia, Nova Zelândia, China, Islândia, Canadá, Argentina, Índia e Singapura.

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade