“Rouge” um espectáculo de cabaret em cena no Casino Figueira da Foz

“Rouge” um espectáculo de cabaret em cena no Casino Figueira da Foz
Jornal Hardmusica

O Casino Figueira da Foz tem em cena até final de Agosto “Rouge” um espectáculo de cabaret onde brilha o glamour e a sensualidade e elegância imperam.

Com bailarinos de Portugal, Inglaterra, Brasil e Cuba e música vinda de filmes como Cabaret, Chicago, Moulin Rouge, o ambiente de cabaret envolve o espectador que não tira os olhos do palco seguindo com atenção a evolução dos bailarinos e as extraordinárias acrobacias de Pedro Calheiros.


Wanda Stuart foi a artista que esteve em palco a 04 de Agosto e regressará ainda este mês.

A cantora entrou em palco a interpretar um dos seus grandes sucesso, “La vie en Rose”, de Edith Piaf;  e terminou o espectáculo com “Ne me quitte pas” de Jacques Brel.

Como a artista disse, em entrevista ao Jornal Hardmusica: “gosto de cantar Piaf porque ela canta o Amor. Pediram-me para cantar “La Vie en Rose” e eu acedi porque também amo este tema.”

Mas nesta entrevista pretendíamos saber mais sobre a participação de Wanda neste projecto “Rouge”, pelo que à pergunta como é trabalhar com este grupo de jovens, a cantora não escondeu a sua admiração pelo profissionalismo do grupo. “São todos de uma qualidade extraordinária. Vim a convite do Jorge Leite (Director Artístico) que me disse vais trabalhar com um grupo que não conheces mas que é muito jovem.
Realmente são de um profissionalismo espectacular além de serem muito simpáticos e cordiais. É um grupo de quase todo o mundo.”, rematou a artista.

E seguiu-se uma pergunta, quase, obrigatória quando se fala com Wanda Stuart, “Porquê Piaf, aqui?” e esclareceu, “aqui foi-me pedido que cantasse “La Vie en Rose” Comecei o espectáculo com este tema e termino com Jacques Brel, numa versão que eu nunca tinha cantado. Aliàs faz sentido porque o espectáculo chama-se “Rouge” e abre com uma cena que poderia acontecer em qualquer bairro de Paris.”E confidenciou: “quando canto Piaf há qualquer coisa que me toca”.


Mudando de assunto ficámos a saber que regressam ao programa da TVI, "Você na TV", os Miniconcertos, que contarão com Wanda Stuart e os dois colegas habituais, Rui Andrade e Telmo Miranda, e à pergunta sobre se pensa que faz falta um programa deste estilo cabaret em Lisboa, a artista pensa que sem dúvida um espectáculo destes seria bem acolhdo. “O necessário é que surjam convites, e que o espectáculo seja divulgado. Para isso contamos convosco, jornalistas”.

E Wanda falou ainda dos seus projectos para depois das férias.

Vou voltar ao meu projecto musical que contará com um contratenor, Manuel Brás da Costa e onde surgirei com um registo que nunca ninguém ouviu.”

Perguntámos ainda se voltaria a trabalhar com Filipe la Feria  ao que Wanda respondeu: “Não sei. Teria de ser o "Papel", para voltar”


A entrevista foi realizada por António Manuel Teixeira, Jornal Hardmusica.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade