Festivais Gil Vicente celebram o Teatro de 02 a 11 de Junho

Os Festivais Gil Vicente regressam a Guimarães de 02 a 11 de Junho, com o que de "melhor de faz no teatro", apresentando textos de Shakespeare, Molière, Simon Stephens e Tchekhov.

Segundo a organização, a cargo da autarquia, a edição de 2016 apoia-se "no teatro contemporâneo, com uma componente estética e dramatúrgica que desbrava novos caminhos e interpretações de textos clássicos, mas também na aposta em autores actuais".

Além do cartaz principal, os Festivais Gil Vicente terão actividades paralelas como conversas com artistas, 'workshops', ou debates.

O primeiro espectáculo serápelas 21:30 do dia 02 de Junho, no Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor (CCVF), com a apresentação de um texto de Shakespeare", "Ricardo III", a cargo de Tónan Quito e de um "elenco que atravessa gerações".

Pela mesma hora do dia 03 de Junho, na Black Box da Plataforma das Artes, sobe ao palco "As Bacantes", de Eurípides, e a 04 de Junho, de novo do CCVF, será a vez de "O Misantropo", de Molière.

No dia 09, há "dose dupla" do encenador Nuno M. Cardoso no CCVF, com "Águas profundas + Terminal de Aeroporto", díptico de peças do dramaturgo britânico Simon Stephens.

No dia seguinte, a peça "Museu de Existência", da Associação Amarelo Silvestre, reflecte sobre a importância da memória na Black Box, com sessões pelas 18:30 e 21:30.

A encerrar o festival, pelas 21:30, do dia 11, o Grande Auditório do CCVF apresenta o regresso dos belgas da tg STAN, com "The Cherry Orchard", a última peça escrita por Tchekhov.

Os bilhetes para os espetáculos já se encontram à venda.

O passe para todos os espetáculos custa 30 euros, dando ainda acesso às exposições permanentes no Centro Internacional das Artes José de Guimarães.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade