Siza Vieira refere que a subida da competitividade turística não é uma questão de moda

Para Siza Vieira, Ministro Adjunto e da Economia, a subida de Portugal ao 12.º lugar no 'ranking' da competitividade turística não é uma questão de moda, mas o resultado de muito trabalho positivo.

 

Portugal subiu ao 12.º lugar no que diz respeito à competitividade no sector do Turismo no 'ranking' do Fórum Económico Mundial (WEF em inglês), atingindo o primeiro lugar na componente de infraestruturas turísticas.

Pedro Siza Vieira afirmou à Lusa que "estas coisas são trabalho continuado, o que nos permite dizer que o sucesso que estamos a ter enquanto destino turístico não é só uma questão de moda, mas o resultado de muito trabalho positivo.

O governante falava em Castelo Branco, onde se deslocou para presidir à reunião da Comissão de Captação de Investimento para o Interior, que decorreu na Secretaria de Estado para a Valorização do Interior.

"Este é um 'ranking' internacional que tem vários anos e portanto permite-nos monitorizar o progresso que estamos a fazer. Há uns anos, estávamos em 20.º lugar globalmente no mundo, como atractividade como destino turístico em 2013. Agora, estamos no 12.º lugar. É um progresso muito significativo em muito pouco tempo", sustentou.

Pedro Siza Vieira adiantou ainda que o resultado alcançado por Portugal não tem a ver com a preferência dos visitantes, mas sim com o trabalho que as empresas e as entidades públicas foram fazendo ao longo dos últimos anos, destacando os últimos quatro anos, em que "foi muito significativo".

Fim do Ano

Fim do Ano

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade