Concurso de Canto Lírico termina no Teatro Camões

por: Frederico Santos Silva
Concurso de Canto Lírico termina no Teatro CamõesNo Teatro Camões tem lugar a final do Concurso de Canto Lírico, onde será escolhido o melhor cantor lírico do país

A Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo (ESMAE) participa em força na final do 3º Concurso de Canto Lírico da Fundação Rotária Portuguesa.
Dia 19 de Abril, pelas 17:00h, com entrada livre no Teatro Camões

Três dos oito finalistas do concurso são alunos ou ex-alunos da Escola e aspiram ao desejado primeiro prémio – 7500 € convertidos numa bolsa de estudo concedida pelo Ministério da Cultura.
Ao todo serão premiados sete concorrentes: seis cantores, em diversas categorias, e ainda o melhor pianista acompanhador. Mas o grande objectivo é encontrar o melhor cantor lírico do ano. 

A Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo (ESMAE) aliou-se à Fundação Rotária Portuguesa para incentivar o aperfeiçoamento artístico de jovens cantores portugueses.

O 3º Concurso de Canto Lírico, que conta ainda com os apoios do Ministério da Cultura e do Conservatório Nacional, entre outros, constitui uma oportunidade para a troca de experiências com professores e colegas do meio proporcionando, muitas vezes, estágios de formação no país e no estrangeiro.

Os prémios, sete no total, serão convertidos em bolsas de estudo para que os jovens artistas possam desenvolver os seus talentos no meio profissional. O primeiro contemplado vai receber do Ministério da Cultura um prémio no valor de 7.500 €, o segundo prémio, de 3.500 €, é dividido entre o Prémio Cidade de Lisboa (2.500€) e o Instituto Pró-União Europeia em Lisboa (1000€).

O terceiro prémio será oferecido pela Câmara Municipal de Cascais e corresponde a um valor de 2.500€ em bolsa de estudo.
Serão ainda entregues os prémios do Público (1500€), Prémio Interpretação Lied/Mélodie (500€), Prémio Interpretação Canção Portuguesa (500€) e Prémio Melhor Pianista (1500€).

Programa da etapa final

Sara Amorim
, contralto e Pedro Machado da Costa, piano
“Há luz no tojo e no Brejo”, Fernando Pessoa – Fernando Lopes Graça
“An Sílvia Shakespear, tradução Bauernfeld – Franz Schubert
“En vai pour éviter les réponses amères (Carmen)” – Georges Bizet

Bruno Pereira, baixo e Joana David, piano
“Tomamos a vila depois de um intenso bombardeamento”, Fernando Pessoa – Fernando Lopes Graça
“An die Musik Schober” – F. Schubert
“Bene, io tutto faro… La vendetta, oh la vendetta! (Bartolo, Le nozze di Figaro) – Mozart

Susana Gaspar, soprano
Francisco Sasseti, piano
“Canção Perdida”, Guerra Junqueiro – José Vianna da Motta
“Chanson triste Lahor” – Henri Duparc
“Temerari, sortite fuori… Come scoglio immoto resta” – Mozart

Carlos Pedro Nogueira, tenor
Francisco Sasseti, piano
“Quero cantar, ser alegre (trova)” – Francisco de Lacerda
“Seeman’s Abschied, Eichendorff” – Hugo Wolf
“Un’aura amorosa (Ferrando, Cosi fan tutte) – Mozart

Raquel de Castro Luís, mezzo-soprano
Francisco Sasseti, piano
“Canção Triste” – Francisco Lacerda
“Nun sech’ich wohl, warum so dunkle Flammen Ruckert (Kindertotenlieder)- Gustav Mahler
“Condotta ell’era in ceppi (Azucena, Il trovatore), G. Verdi

Ana Maria Pinto, soprano
Cristóvão Luís, piano
“O céu, a terra o vento sossegado, Luiz de Camões” – Fernando Lapa
“Réssurrection (Chants de Terre et de Ciel” – Olivier Messiaen
“Temerari, sortite fuori… Come scogleo immoto resta” – Mozart

Hugo Oliveira, baixo-barítono
Ricardo Martins, piano
“Redondilha Cabral do Nascimento” – F. Lopes Graça
“Nun will die Sonn’ so hell aufgeh’n Ruckert (kindertotenlieder) – Gustav Mahler
“Bravo signor padrone!... Se vuol ballare (Figaro, Le nozze di Figaro) – Mozart

Sónia Grané, soprano
Edward Gonçalves Pinto, piano
“Saudades da Terra” – Francisco de Lacerda
“Les filles de Cadix Musset” – Léo Delibes
“Piangerò la sorte mia (Cleopatra, Giulio Cesare) - Händel

Mídia

NULL

RIU Hotels & Resorts

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade