Criação de Rui Lopes Graça para publico infanto-juvenil

por: Frederico Santos Silva
Criação de Rui Lopes Graça  para publico infanto-juvenil

Hoje, 8 de Abril, e amanhã na Escola Superior de Dança, em Lisboa, Rui Lopes Graça coreografa um espactáculo inserido na unidade curricular de Interpretação II, do Curso de Licenciatura em Dança – Criação/Interpretação e especialmente direccionada para um público infanto-juvenil.

Os intérpretes são alunos do 4º Semestre curricular do referido curso e, como complemento da interpretação deste trabalho, serão responsáveis por trabalhar, com alunos do ensino básico que assistirão à apresentação, excertos do trabalho que Rui Lopes Graça concebeu especialmente para eles.

As músicas de Sete Lágrimas, Dead Combo e Danças Ocultas serão a base da dança “O Que Faço Melhor”, da autoria de Rui Lopes Graça. Carlos Ramos e Cátia Gomes sãos os responsáveis pela direcção e assitência de cena.
A interpretação é de Ana Bolikon; Carolina Almeida; Ana Catarina Camocho; Ana Filipa Rodrigues; Bárbara Ramalho; Catarina Ferreira; Catarina Carvalho; Giselle Araújo; Rita Monteiro; Joana Espanha; Liliana Ferreira; Liliana Garcia; Maria João Lopes; Mariana Paraizo; Marinela Silva; Marta Baptista; Sara Machado; Ximene Barbosa.

O espectáculo decorrerá hoje pelas 14:00h e amanhã pelas 10:15h no Atrio da Escola Superior de Dança.

Mídia

NULL

RIU Hotels & Resorts

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade