Petição em defesa da Casa de Alcolena

por: Zita Ferreira Braga
Petição em defesa da Casa de AlcolenaA Ordem dos Arquitectos solicitou a intervenção da Câmara Municipal de Lisboa no sentido de impedir a destruição ou alteração de um imovel de consideravel valor artístico e patrimonial.

Alertados para a situação foram os Vereadores do Urbanismo e da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa.

A Ordem dos Arquitectos solicitou informações à Vereação do Urbanismo sobre o processo de obra da Casa da Alcolena e solicitou a abertura do processo de classificação de imóvel de interesse municipal à Vereação da Cultura.

Considerando o valor arquitectural, patrimonial e artístico da Casa da Alcolena, nº 28, projecto do arquitecto António Varela e que integra vários conjuntos de azulejos da autoria de Almada Negreiros, a Ordem dos Arquitectos, manifestou a sua profunda preocupação com os acontecimentos do passado dia 19 de Fevereiro que puseram em perigo a integridade do imóvel.

Nesse sentido a Ordem dos Arquitectos solicitou ao Vereador do Urbanismo da Câmara Municipal de Lisboa, Arquitecto Manuel Salgado, informações relativamente às ameaças que pendem sobre aquela obra arquitectónica e o ponto de situação acerca do processo de obra relativamente àquele imóvel.

Com a preocupação de preservar um exemplo único e nacional da arquitectura modernista portuguesa a Ordem dos Arquitectos solicitou à Vereadora da Cultura da Câmara Municipal de Lisboa, Rosalia Vargas, a abertura do processo de classificação do referido imóvel como bem cultural de interesse municipal.  

No sentido de alertar a população para mais este atentado ao património público a Ordem dos Arquitectos lançou uma petição on-line em defesa da preservação da Casa de Alcolena, 28, que pode ser assinada em www.PetitionOnline.com/Alcolena/petition.html  

Mídia

NULL

RIU Hotels & Resorts

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade