Mais uma vez a CP suprime várias ligações, incluindo Intercidades e Alfa

Mais de duas dezenas de ligações ferroviárias, entre Intercidades e Alfa-Pendulares, serão suprimidas nos dias 24, 25 e 31 de Dezembro e 01 de Janeiro de 2019, à semelhança de anos anteriores, devido à fraca procura.

 

De acordo com informação prestada à agência Lusa, "nos dias 24 e 31 de Dezembro não circulam os comboios dos horários do final da tarde e princípio da noite, enquanto que nos dias 25 de Dezembro e 01 Janeiro, não circulam os comboios do início da manhã".


A CP informa na sua página na Internet que no período de Natal e de Ano Novo, nos dias 24, 25 e 31 de Dezembro e 1 de Janeiro de 2019, não se efectuam alguns comboios Alfa Pendular/Intercidades, Regional/InterRegional e comboios Urbanos de Coimbra e Internacional.

"À semelhança do que se verifica todos anos, no período de Natal e Ano Novo, a CP efectua um ajustamento à oferta em todos os seus serviços, uma vez que os dias 24, 25 e 31 de Dezembro são caracterizados por uma procura residual, em alguns horários e serviços, e inexistente noutros, própria das festas natalícias", refere fonte da CP.


De acordo com informação disponível no site, nos dias 24 e 31 vão ser suprimidos oito comboios (Alfa Pendular e Intercidades) com destino e origem em Lisboa, Guarda, Braga, Covilhã, Porto e Guimarães entre as 18:00 e as 21:30.

Nos dias 25 de Dezembro e 01 de Janeiro vão ser suprimidas 11 ligações com origem e destino em Braga, Lisboa, Guimarães, Porto, Guarda e Covilhã entre as 06:00 e as 08:15.

 

Quanto aos comboios internacionais, serão suprimidas as ligações a Madrid, Hendaye e Irun.

 

A CP ainda vai divulgar supressões relativamente aos InterRegional e comboios urbanos de Coimbra.

No entanto, segundo a nota da empresa enviada à Lusa, "nos períodos em que as pessoas se deslocam efectivamente, a CP reforça a capacidade".

 

"As ligações vão ser reforçadas nas datas e horários anteriores e posteriores às noites das festas, nomeadamente nos serviços de longo curso. Nos serviços urbanos, não só nos períodos referidos acima, como também, por exemplo, na noite de ano novo", refere o mesmo comunicado.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade