A Catawaiki explica como lucrar, com o Brexit, no mundo da música

Começam as negociações entre o Reino Unido e a União Europeia sobre o Brexit. Será uma saída difícil ou suave? E quais são as consequências concretas para a economia, o comércio e para as pessoas em Inglaterra? E a música, no que vale a pena investir agora?

 

Todas estas e outras questões estão em cima da mesa, mas quais são as perspectivas para entusiastas de artigos britânicos como a música britânica com a saída da UE?

A plataforma internacional de leilões on-line Catawiki aconselha os fãs e coleccionadores a aproveitar este momento até à saída da UE. Os especialistas da Catawiki explicam como fazê-lo e no que vale a pena investir agora.

A lista de bandas e músicos lendários britânicos é longa, uma vez que a música feita no Reino Unido está repleta de grandes sucessos. Especialmente as edições prensadas, numa altura em que a música ainda não tinha era produzida digitalmente, são artigos com grande procura e de um valor elevado para qualquer móvel de discos.

Os especialistas da Catawiki afirma que "os fãs de música estão definitivamente a beneficiar das taxas favoráveis da libra em relação ao euro como resultado do Brexit". Frisando que esta "é a altura de encontrar um disco especial por um preço justo e poderá colher as recompensas mais tarde, assim que a libra britânica recuperar". Será nesse momento que "a sua peça de história da música britânica será mais valiosa". Ou seja "discos de bandas britânicas icónicas e artistas como os Rolling Stones, Beatles, Queen ou Pink Floyd são aqueles em que se deve apostar". Sem esquecer que "as primeiras edições de discos e edições limitadas que foram lançadas na Grã-Bretanha são particularmente interessantes".

A Catawaki chama a atenção para que "o disco deve funcionar e mostrar leves sinais de uso. O mesmo se aplica à capa. Outro factor importante é a quantidade de cópias ainda disponíveis, quanto mais raro, melhor". Um bom exemplo é a "edição original do Reino Unido dos Rolling Stones – ‘Out of Our Heads', lançado a 24 de Setembro de 1965". Segundo a leiloeira. "esta edição foi gravada em mono à qual se seguiu uma edição stereo". Explicando que "a primeira edição é particularmente interessante para os coleccionadores, quem possui esta parte da história da música possui uma autêntica relíquia".

Por tudo isto a plataforma refere que o Reino Unido "oferece ainda inúmeros tesouros para coleccionadores e fãs de artigos britânicos particulares, como os discos ingleses". Recordando que até ao momento "os coleccionadores beneficiaram do anúncio do Brexit e da queda da libra". Sendo por isso "uma boa altura para comprar artigos de coleccionadores da ilha". A Catawaki conclui afirmando que "no caso de um Brexit difícil, é de se esperar que coleccionadores e apaixonados por artigos britânicos tenham que lidar com o aumento dos preços e condições de compra mais difíceis".

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade