Terceira edição da Mostra de Cinema Judaico vai de Lisboa a Belmonte

A programação da terceira edição da Mostra do Cinema Judaico, apresentada na manhã deste 04 de Fevereiro, num hotel de Lisboa, revelou que desta vez o cinema judaico irá até Belmonte, uma vila da Beira Alta, de grande tradição judaica.

 

Elena Piatok, directora do Festival de Cinema Judaico que decorrerá em Lisboa de 04 a 09 de Março e em Belmonte de 07 a 10 de Maio, deu a conhecer numa conferência de imprensa, a programação desta terceira edição que este ano se estenderá a Belmonte uma vila da Beira Alta, de grande tradição judaica.
Esta terceira edição, que se revela mais ambiciosa, terá a marcá-la os 70 anos do fim da segunda guerra mundial.

Deste modo será o filme, "Labirinto de Mentiras" de Giulio Ricarelli que abrirá a Mostra. "Labirinto de Mentiras" conta os esforços de um jovem procurador que quer levar a julgamento quem pôs em prática a "solução final de Auschwitz", uma tarefa quase impensável nos anos 60 quando a Alemanha iniciava a reconstrução.


Outra estreia será a do filme "Corre, Rapaz, Corre" de Pepe Danquart, a odisseia de um menino de oito anos que, em 1942, conseguiu fugir do gueto de Varsóvia. É a história verídica de "Jurek" Srulik.


"Gett: O Processo de Viviane Amasalem" de Ronit Elkabetz, Schlomi Elkabetz, relata a história de uma mulher que pretende divorciar-se mas que esbarra com a tradição judaica que só permite que o casamento se dissolvido por decisão das autoridades religiosas.
O filme já conta com 11 nomeações e muitos prémios.

As curtas também marcarão presença nesta festa do cinema judaico bem como os documentários.

"Kaplan" uma comédia uruguaia de Álvaro Brechner terminará o festival, dando um toque de humor nesta festa que lembrará uma época que não poderá ser esquecida para que não se repita.


A Rede de Judiarias apresentará mais uma vez o roteiro dos "Caminhos Judaicos". O "Kosher" será objecto de uma conversa explicativa com o rabino Schlomo Pereira, sobre o seu significado espiritual.

Isto fará parte do programa em Belmonte, bem como a festa de "Purim", o Carnaval que terá acompanhá-lo a degustação da gastronomia judaica e a completar o programa uma Feira do Livro.

Para além de Elena Piatok, estiveram na conferência de imprensa o presidente da Câmara Municipal de Belmonte que este acolherá pela primeira vez a Mostra, e de uma representante da EGEAC,  parceiro estratégico do evento.

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade