Transvia regressa a taxas de ocupação pre-pandemia

por: Zita Ferreira Braga
Transvia regressa a taxas de ocupação pre-pandemia
Transvia

A companhia Transvia regressou a taxas de ocupação pré-pandemia, ou seja acima dos 90% no pico do Verão de 2023, em Portugal

Portugal voltou a ser o principal mercado da Transavia em França no pico do Verão 2023 (Julho e Agosto), com um total de 425 mil passageiros transportados de/para Portugal, o que reflecte um aumento de 19% face a idêntico período do ano passado.
Isto representa respectivamente, 247 mil assentos e um aumento de 16% de/para os Países Baixos e Bélgica (Bruxelas) – sendo este último destino um dos principais impulsionadores do crescimento no tráfego de/para Portugal. No total, foram transportados 672 mil passageiros no período entre Portugal e os dois mercados de origem da companhia low cost do Grupo Air France-KLM.


O mercado português continua a ser um mercado estratégico e um contínuo sucesso comercial para a nossa operação, e os resultados deste verão são mais uma prova desta importância. As rotas históricos entre o Porto e Lisboa e Paris-Orly continuam no topo das preferências dos nossos clientes. Continuamos totalmente comprometidos com este mercado dinâmico e aprimorado, uma parte importante do desenvolvimento da Transavia France desde a sua fundação, e esperamos continuar a servi-lo por muito tempo.”, refere Nicolas Hénin, Chief Commercial Officer da Transavia France.


Em França, com uma taxa de ocupação média (load factor) de quase 90% (88%), as três rotas mais populares no verão de 2023 foram Porto-Paris Orly, com 69.000 passageiros transportados, seguidas de Lisboa-Paris Orly e Faro-Paris Orly, com um total de 56.300 e 31.400 passageiros, respectivamente; com um load factor de quase 95% (94%), as rotas top3 de/para os Países Baixos foram Faro – Amesterdão (55.000), Faro – Roterdão (36.000) e Lisboa – Amesterdão (31.000).


Para dar resposta a uma procura crescente e mais sustentável de viagens, a Transavia continua a apostar na renovação da frota. Actualmente, a subsidiária low-cost do grupo Air France-KLM tem 115 aviões, mas aguarda a chegada dos primeiros A320 para a Transavia France e dos novos A321 para a Transavia Holland, o que deve acontecer até ao final do ano.

RIU Hotels & Resorts

Amsterdam City Card

Etihad Airways

Actualidade