Iberia e Air Europa fora do top ten das companhias aéreas com mais reclamações

Iberia e Air Europa fora do top ten das companhias aéreas com mais reclamações
Divulgação

As sanções às companhias aéreas por não reembolsar ascendem a 5,5 milhões de euros, número que poderia crescer pela possível abertura de mais expedientes

.
A Agência Estatal de segurança Aérea (AESA) recebeu no cômputo global de 2020 um total de 54.273 reclamações de passageiros, 57% mais que em 2019.
Do total, 5.897 eram da competência de outras autoridades, 28.655 devido a cancelamentos, 4.845 por atrasos, 531 por recusa de embarque de passageiros, sete por mudança de classe, 11 relacionadas com o incumprimento dos direitos das pessoas com incapacidade ou mobilidade reduzida no transporte aéreo e 14.327 anuladas ou devolvidas por falta de informação do processo.

É necessário ter em conta que os passageiros devem apresentar uma reclamação na AESA uma vez que já reclamaram na sua companhia e não viram satisfeitos o seus direitos.

Chama a atenção para o facto de três das companhias aéreas mais importantes que operam em Espanha, como é o caso da Iberia, Ryanair e Air Europa, não figuram na lista dos dez com a percentagem mais elevada de reclamações recebidas por numero de passageiros transportados.
Na mesma condição estão a Plus Ultra, Aeromexico, TAP Portugal, Avianca, Alitalia, Aeroflot, Norwegian, Royal Air Maroc, Evelop e Vueling.


Em 2020, a AESA propôs sanções no valor  de 4,2 milhões de euros. O numero é inferior à de 2019, embora tal facto não se deva a que nestes casos não se contem as multas por falta de reembolso ou por informação deficiente sobre os direitos do reembolso em cancelamentos provocados pela pandemia a no exercício de 2021.

 

A informação adianta que a soma proposta de sanções relacionadas com a falta de reembolso de voos cancelados é de 5,4 milhões, um montante que poderá  ser aumantado com a abertura de novas formas de sancionamento.

RIU Hotels & Resorts

FITUR 2021

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade