Mario Draghi dá luz verde à Alitalia, mas com fortes restrições

Mario Draghi dá luz verde à Alitalia, mas com fortes restrições
Divulgação

Em vez dos 3.000 milhões de euros inicialmente previstos o governo só irá transferir mil milhões de euros.



Enésimo novo plano para o futuro da Alitalia: agora pretende operar mas só com 45 aviões, convertida numa pequena companhia aérea. Antes da pandemia eram mais de 100 os aviões a operar.
Isto é o que parece ter sido decidido pelo novo governo italiano que não quer continuar a injectar dinheiro como até aqui. Por outro lado foi também anunciado que vai ficar com 4.500 colaboradores o que para 45 aviões é um numero considerável

Antes seria o de ficar com 70 aviões e 6.000 colaboradores. Em lugar dos 3.000 milhões de euros inicialmente previstos que o governo ia transferir serão só mil milhões

Os problemas actuais da Alitalia são fundamentalmente dois: por um lado a União Europeia que quer uma companhia aérea totalmente nova; em segundo lugar mais urgente e acutilante, a caixa, porque a companhia está a ficar sem dinheiro e urgente que se reorganize.

É tal a escassez do dinheiro que uma parte dos salários deste mês forma pagos com atraso. Como sempre há nervos. No entanto com este plano o segundo dos já elaborados pelo governo de Draghi, parece mais perto da realidade porque a companhia está quase a ficar sem liquidez. Fala-se de que começaria a voar, ou pelo menos a operar, em finais de Abril.
A nova Ita, como lhe chama a sociedade que criou o anterior governo de Giuseppe Conti, comprará ao grupo Alitalia incluindo aviões e colaboradores, para iniciar o Verão.

Deste modo a diminuição da Alitalia continua. Segundo alguns jornais, o inicio das operações seria a 01 de Julho.
De todo o negócio da companhia, o que parece mais viável é a grande distância entre Italia e Estados Unidos, com alguma outras rotas com viabilidade.

A curta distância que cria discussão entre a Ryanair, WizzAir, Easyjet, Vueling e até a Volotea todas fortemente radicadas no país ( WizzAir é a que tem menos história) parece praticamente perdido.

RIU Hotels & Resorts

FITUR 2021

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade