Interrompidos voos entre Portugal e Reino Unido a partir de sábado

"Governo decidiu interromper totalmente o voos para o Reino Unido e do Reino Unido para Portugal das 00:00 do próximo sábado", indicou esta noite o primeiro-ministro, António Costa, no final de uma reunião informal do Conselho Europeu.

O primeiro-ministro português indicou esta quinta-feira que os parceiros europeus manifestaram "preocupação" relativamente à propagação do novo coronavírus, especialmente por causa da nova variante oriunda do Reino Unido, "em especial nos países que têm relações mais próximas" com o país, como é o "caso de Portugal".

"O Governo decidiu, portanto, interromper totalmente o voos para o Reino Unido e do Reino Unido para Portugal a partir das 00:00 do próximo sábado, por forma a diminuir os riscos de contágio com base na nova variante", referiu, indicando que a exceção são os voos humanitários, "para assegurar o repatriamento de portugueses que desejem regressar a Portugal ou de cidadãos britânicos que desejem regressar ao Reino Unido".


António Costa anunciou esta medida após ter participado por videoconferência numa cimeira informal de líderes da União Europeia destinada a coordenar entre os Estados-membros as medidas de combate à Covid-19.


O primeiro-ministro salientou que foi decidido "manter as fronteiras abertas" entre os diferentes Estados-membros, indicando que se tratou de "uma decisão colectiva".

RIU Hotels & Resorts

FITUR 2021

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade