O caos instalado em Barajas fez esquecer a obrigatoriedade do teste

Em finais de Novembro Espanha determinou que passageiros vindos de uma zona de risco deveriam apresentar teste PCR negativo, mas devido o caos instalado, essa medida foi ignorada.

Devido em temporal que se tem sentido em Espanha que tem atrasado e cancelado muitos voos a passageiros a quem pode ter caducado a PCR, a eles não será exigida a realização de um nova prova”. Esclarece a Iberia

Enquanto não é dada qualquer outra informação sobre a duração da situação, o director  do Centro Coordinación de Alertas y Emergencias Sanitarias, Fernando Simón adiantou que: será questão de alguns dias. Logo que isto passe voltaremos à rotina habitual, e então teremos de recuar três e voltaremos à exigência de apresentação da PCR” acrescenta.

Relativamente aos turistas que tinham previsto sair de Barajas e que devido aos atrasos e cancelamentos motivados pelo temporal e que chegarão aos destinos com as provas caducadas, o governo espanhol esclarece que se trata de uma situação fora das suas competências, informa El Pais. O Ministério da Saude aconselha os viajantes a consultarem o seu país sobre a questão.

Desde 23 de Novemvbro que Espanha exige nos aeroportos provas  PCR negativas a quem quiser entrar vindo de zonas de risco.

RIU Hotels & Resorts

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade