Heathrow perdeu para Charles de Gaulle o lugar de aeroporto 1 da Europa

Heathrow perdeu para Charles de Gaulle o lugar de aeroporto 1 da Europa
Divulgação

Heathrow, em Londres, Reino Unido, fez saber a 28 de Outubro que “perdeu o lugar de aeroporto número 1 da Europa em passageiros transportados” .

 

De acordo com a Lusa, “o aeroporto de Heathrow foi penalizado na sequência da quarentena imposta pelo Reino Unido aos passageiros de vários países na sequência da pandemia da COVID-19, bem como pela implementação de testes de saúde aos seus concorrentes”.


Heathrow, entre Janeiro e Setembro de 2020, só conbilizou nove milhões de passageiros, um número que em 2019 chegava aos 61 milhões prevendo fechar o ano com um máximo de 22,6 milhões de passageiros.

Relativamente ao próximo ano, o máximo previsto é de 37,1 milhões de passageiros, número muito aquém dos anteriores.

O Reino Unido está a ficar para trás porque temos sido muito lentos a adoptar os testes aos passageiros. As autoridades europeias agiram mais rápido e as suas economias estão a ser beneficiadas”, refere John Holland-Kaye, director-executivo do aeroporto de Heathrow.


Mas Heathrow espera vir a “beneficiar da promessa do Governo britânico de introduzir um teste para chegadas internacionais até 01 de Dezembro, o que permitiria reduzir de 14 dias para uma semana o período de quarentena imposto pelo Reino Unido aos passageiros de vários países”.


Com a mudança no topo deste ranking, que passou a ser liderado pelo aeroporto de Charles de Gaulle, Heathrow desceu à segunda posição, seguido de perto pelos aeroportos Amsterdam Schiphol, na Holanda, e Frankfurt, na Alemanha.

RIU Hotels & Resorts

FITUR 2021

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade