Virgin Austrália extinge três mil postos de trabalho

Virgin Austrália extinge três mil postos de trabalho
Reuters

A companhia aérea Virgin Australia anunciou hoje o encerramento de uma das suas filiais e despede 3.000 pessoas.

Paul Scurrah, CEO (diretor executivo) da companhia aérea disse "como empresa, precisamos de fazer mudanças para garantir o sucesso do Grupo Virgin Australia neste novo mundo".

 

O grupo vai encerrar a sua filial de baixo custo Tigerair Austrália e reduzir a mão-de-obra em um terço, eliminando 3.000 postos de trabalho.

 

Com uma dívida de cinco mil milhões de cerca três mil milhões de euros, a Virgin Australia já se encontrava em situação financeira precária antes da epidemia do coronavírus, que abalou a indústria aérea mundial.

 

Com a chegada do vírus e o encerramento das fronteiras da Austrália a não residentes, a companhia, fundada por Richard Branson, foi forçada a suspender todos os voos internacionais.

 

Scurrah acrescentou que "serão necessários pelo menos três anos para regressar ao nível pré-covid-19 da procura de viagens nacionais e internacionais de curta distância"

#EstamosON

Corona - Covid19

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade