Vinte e cinco crianças e jovens da Casa Pia com baptismo de voo da Top Atlântico

A Casa Pia de Lisboa numa parceria com a Top Atlântico vai levar Vinte e cinco crianças e jovens no seu primeiro voo.

 


Cerca de 25 crianças e jovens da Casa Pia de Lisboa vão viajar pela primeira vez de avião, num voo a realizar no próximo dia 23 no âmbito de uma parceria da Top Atlântico com esta instituição pública.

A viagem entre Lisboa e Porto será também apoiado pela TAP e terá como madrinha Carolina Deslandes, que se associa a esta iniciativa.

O batismo de voo oferecido pela Top Atlântico “surge no contexto da entrega anual dos prémios de mérito da Casa Pia, que distingue a boa performance académica dos alunos casapianos em 2018.”

Os premiados embarcarão num voo da TAP da ponte aérea entre Lisboa e Porto e visitarão o World of Discoveries no Museu Interactivo e Parque Temático sobre Descobrimentos, numa tarde que também contará com um passeio pela cidade do Porto, antes de regressarem a Lisboa.

As viagens e as experiências sociais e culturais que delas resultam são fundamentais para o desenvolvimento de todos, tendo um papel importante na formação das crianças e jovens. Queremos dar o nosso contributo neste processo de aprendizagem”, salienta Margarida Blattmann da direção de Marketing e Comunicação, da Wamos Portugal, grupo que detém a Top Atlântico. “Por outro lado, enquanto empresa atenta à comunidade envolvente temos o dever de alertar e contribuir para a necessidade de ajudar o próximo e assumirmos um papel mais activo e consciente nesse contexto.”.


Esta ação com a Casa Pia insere-se na política de responsabilidade social da Top Atlântico, que recentemente também lançou uma iniciativa de doação de uma parte do valor de vendas da sua Campanha de Verão à UNICEF “para ajudar as crianças de Moçambique afectadas pelos estragos dos furacões Idai e Keneth no segundo trimestre deste ano.


Estão ainda previstas mais ações de colaboração entre a Top Atlântico e a Casa Pia. “Por agora esperamos proporcionar a este grupo de jovens uma experiência diferente e enriquecedora e que só é possível com o apoio incondicional da TAP que providenciou a parte aérea desta operação.  Mas esta é apenas uma iniciativa entre outras que pretendemos levar a bom porto para proporcionar não só momentos gratificantes e motivadores aos Jovens da Casa Pia, mas também criar experiências que possam contribuir para a sua formação e aprendizagem”, acrescenta ainda Margarida Blattmann.

Fim do Ano

Fim do Ano

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade