Cláudia Monteiro de Aguiar: necessário prevenir o efeito da falência das low cost

Cláudia Monteiro de Aguiar, eurodeputada eleita pelo PSD, considera que é urgente  “uma resposta europeia para minimizar os impactos das falências” das low cost


Cláudia Monteiro de Aguiar, deputada efectiva na Comissão de Transportes e Turismo do Parlamento Europeu, considera, em nota que publicou, que é preciso “dar prioridade às acessibilidades e ao turismo” afirmando ainda  um “maior peso político para o sector” e “uma resposta europeia para minimizar os impactos das falências” das companhias low-cost.


Nessa mesma nota a eurodeputada portuguesa, fala da necessidade de um  “maior peso político para o sector através da criação de um fundo para o Turismo, que já foi aprovado pelos seus pares no Parlamento Europeu, mas também que haja uma resposta europeia para minimizar os impactos das falências das denominadas companhias low-cost, nomeadamente na proteção do direito dos passageiros”.

Ainda no referido comunicado, Cláudia Monteiro de Aguiar, afirma que  do memo modo os estados-membro, a exemplo de Portugal, devem “criar mecanismos através de uma estratégia a médio prazo que salvaguarde os destinos”.


Natural da Madeira, Cláudia Monteiro de Aguiar assume que irá continuar o seu trabalho nas áreas que interessam ao seu sector, concretizando os “destinos inteligentes, o combate às alterações climáticas, a formação e e-skills dos recursos humanos.”


No que aos Transportes diz respeito, a eurodeputada, evidencia a revolução digital, não esquecendo as acessibilidades, tema que se manterá na sua agenda de forma a que “todas as regiões da União estejam ligadas ao continente europeu, através do transporte aéreo e marítimo”.


Outro ponto de trabalho será a descarbonização do sector, em particular do transporte marítimo, que, Cláudia Monteiro de Aguiar, vai passar a contar com uma “agenda marítima, aliando inovação e tecnologia”.

O novo Parlamento Europeu é composto por 751 deputados de 190 partidos políticos, que foram eleitos em representação dos 28 estados-membro, incluindo os 21 eurodeputados portugueses eleitos a 26 de Maio, nas Eleições Europeias.

Fonte Publituris

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Publicidade

Actualidade