GuestReady chega a Espanha com equipa portuguesa no comando

por: Zita Ferreira Braga
GuestReady chega a Espanha com equipa portuguesa no comando
GuestReady

Presente em mais de 30 cidades na Europa e no Médio Oriente, a GuestReady tem mais de 14.000 reservas em todo o mundo em junho, com uma taxa de ocupação média de cerca de 80%

 
A GuestReady, plataforma líder de gestão de propriedades de aluguer de férias de curta e média duração, que opera em Portugal desde 2018, decidiu expandir as suas operações para Espanha , começando por Valência e Madrid.

Para esta expansão a GuestReady conta com a liderança da equipa portuguesa, constituída por uma centena de colaboradores, que tem sido parte do êxito da GuestReady ainda em contexto de pandemia. Recorde-se que a GuestReady entrou em Portugal em finais de 2018 e cedo conquistou o mercado. Mais tarde, durante a pandemia, a empresa não desistiu de investir e acabou por adquirir duas empresas no Porto, reforçando a sua liderança nacional.

A GuestReady, com a recuperação turistica tornou-se no maior player em Portugal neste mercado e quer aproveitar toda a experiência para replicar o êxito em Espanha.


Já presente em cerca de trinta cidades na Europa e no Médio Oriente, incluindo capitais mundiais do turismo, como Paris, Londres e Dubai, a GuestReady começa a operar em Espanha numa altura em que o mercado de alojamento não hoteleiro, como o aluguer de casas e apartamentos, triplicou em volume de negócios.

A GuestReady gere hoje mais de 3200 propriedades nas várias cidades onde está presente, tendo actualmente uma taxa de ocupação média de 78%.

Na GuestReady facilitamos a gestão das propriedades de aluguer de férias com um pacote completo e diferenciador que cobre desde o serviço ao cliente, à limpeza ou até entrega das chaves aos hóspedes. Isto tem sido parte do êxito em Portugal e acreditamos que vamos também marcar a diferença e conquistar a confiança no mercado espanhol, sublinha Rui Silva, Managing Director da GuestReady em Portugal e Espanha. No país vizinho, a procura por este tipo de propriedades tem aumentado: aliás, de acordo com dados do INE espanhol, correspondentes a abril, as dormidas em alojamentos turísticos não hoteleiros atingiram mais de 9,3 milhões, o que significa um aumento de 238,7% em comparação com os números de 2021. Espanha está à procura deste tipo de oferta e nós temos a solução mais diferenciadora para oferecer.”

QATAR turismo

RIU Hotels & Resorts

Artigo de Opinião

Subscreva a newsletter oturismo.pt
captcha 

Actualidade